Após início arrasador na Série B, Náutico perde três seguidas e a liderança

0
42
Náutico

Muitos em Pernambuco se perguntam o que estaria acontecendo com o Náutico do técnico Hélio dos Anjos. Após conquistar de forma inquestionável o Campeonato Estadual e de um começo arrasador na Série B, ficando vários jogos invicto e ganhando inclusive o apelido de “PSG do Nordeste”, o alvirrubro perdeu três partidas em sequência e a liderança do torneio nacional.

O Timbu perdeu para o Sampaio Corrêa por 2 x 0 na última rodada e antes caiu para o Coritiba por 3 x 1 e – num verdadeiro e ainda inexplicável vexame – acabou goleado por 4 x 0 pelo Confiança, o então lanterna da Série B.

Com tal série de resultados negativos o Náutico caiu para a terceira posição, estacionando com 30 pontos, três a menos que o novo líder Coritiba e a um do segundo, no momento o CRB. Pior ainda, o Timbu ficou somente um ponto na frente do quinto colocado, o Guarani. Por isso o time pernambucano precisa começar a reagir com urgência se não quiser perder a posição no G4 que parecia tão consolidada há algumas rodadas.

Na próxima rodada o alvirrubro enfrentará o Avaí na Ressacada, em Florianópolis, neste sábado às 19 horas. A equipe catarinense está em sétimo lugar, com 27 pontos, e costuma complicar a vida dos visitantes em seu estádio. Mais um desafio para o Timbu, que precisa recuperar a pegada para não perder, mais uma vez, a chance de retornar à elite do futebol brasileiro em 2022.

O técnico Hélio dos Anjos desconversa quando perguntado sobre a grande queda de rendimento de seus comandados, destacando que algumas “flutuações” ao longo de um torneio tão longo quanto a Série B são normais, porém a torcida alvirrubra já começa a pressionar em busca de uma reação no campeonato.