O desafio de Ney Franco no Cruzeiro

0
78
Ney Franco
Ney Franco (foto: Cruzeiro/Divulgação

Substituindo Enderson Moreira, que saiu do comando da equipe esta semana, Ney Franco é o décimo técnico do Cruzeiro em cerca de um ano. O clube, além de estar em delicada situação financeira, vive um momento de pesadelo na Série B do Brasileirão, na qual ocupa apenas a 17ª colocação, com cinco pontos e a dez do Juventude, primeiro do G4. A Raposa precisa se recuperar urgentemente na competição ou correrá o risco de não voltar à elite do futebol nacional já em 2021.

Ney Franco estreará nesta sexta-feira às 21h30, no Mineirão, contra o perigoso time do Vitória, sétimo colocado, com 13 pontos. O Cruzeiro precisa vencer a todo o custo, mas o novo treinador pede calma e paciência à torcida. Algo difícil para quem não vê o time de coração conseguir uma vitória há cinco jogos na Série B.

Em 2018 Ney Franco assumiu o Goiás quando o time esmeraldino estava na 18ª colocação da Série B e ao término da competição conseguiu o acesso ao grupo da elite nacional com um quarto lugar. É o que os cruzeirenses esperam, no mínimo, do novo treinador, que já dirigiu o clube mineiro há 15 anos.

O Vitória vem de um triunfo contra a ótima equipe do Cuiabá, atual quinto colocado da competição, pelo placar de 4 x 2, jogando em Salvador. Cruzeiro e Vitória já se enfrentaram em 52 oportunidades, com 31 triunfos dos mineiros, 11 dos baianos e dez empates.

Em Minas Gerais, em 24 partidas, o Vitória só venceu duas, empatou três e perdeu 19. Um péssimo retrospecto para os visitantes e, quem sabe, alguma esperança para os cruzeirenses.