Pressionada, seleção de Diniz joga contra o Uruguai em Montevidéu

0
175
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Vinda de um empate melancólico contra a Venezuela por 1 x 1 pelas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2026, a Seleção Brasileira busca a paz contra o Uruguai nesta terça-feira às 21 horas (de Brasília) no Estádio Centenário, em Montevidéu. O time comandado por Fernando Diniz atravessa um momento de turbulência com seu principal jogador, o atacante Neymar, com a presença questionada no grupo por parte dos torcedores e da imprensa esportiva.

O Brasil tem sete pontos nas Eliminatórias e está em segundo lugar no torneio. A Argentina, atual campeã do mundo, lidera com nove pontos. O Uruguai, por outro lado, tem quatro pontos – uma vitória, um empate e uma derrota – e ocupa a quarta posição na classificação empatado com Chile e Venezuela, mas com vantagem no saldo de gols.

A América do Sul, a partir das mudanças feita pela Fifa, passou a ter direito a seis vagas para o próximo mundial, mais a possibilidade de uma na repescagem. A classificação brasileira não deverá ser dificultada, porém o astral não tem sido muito bom nas hostes canarinhos e o grupo de Diniz precisa da recuperação nesta terça-feira contra um adversário forte. Ao logo da história os brasileiros venceram 38 vezes, perderam 20 e ainda houve 20 empates no confronto.

Para o duelo com os uruguaios Fernando Diniz deverá usar pela primeira vez como titulares nas Eliminatórias Yan Couto, Carlos Augusto e Gabriel Jesus.  O zagueiro Adryelson, do Botafogo, convocado pela primeira vez porque Nino se contundiu, deverá começar no banco de reservas contra os uruguaios.

No Uruguai o técnico Marcelo Bielsa deverá começar com Rochet, Vina, Viña e Mathias Oliveira como titulares, mudanças bem significativas em relação ao time que enfrentou e empatou com a Colômbia na última rodada das Eliminatórias. A tendência é que os uruguaios adotem um esquema bastante ofensivo na noite de hoje.

O confronto entre Uruguai e Brasil será transmitido ao vivo pela Rede Globo e pelo SporTV a partir das 20h50 (horário de Brasília), direto do Estádio Centenário, em Montevidéu. A arbitragem vem da Venezuela, com Alexis Herrera no apito, auxiliado por Alberto Ponte e Antoni García. No VAR estará Juan Soto.

Prováveis escalações:

Uruguai: Rochet; Nández, Ronald Araújo, Viña e Mathias Olivera; Ugarte, Valverde e De La Cruz; Pellistri, Maxi Araújo e Darwin Nuñez.

Brasil: Ederson; Yan Couto, Marquinhos, Gabriel Magalhães e Carlos Augusto; Casemiro, Bruno Guimarães e Neymar; Rodrygo, Vini Jr. e Gabriel Jesus.