Botafogo tenta avançar na Libertadores contra o Aurora no Nilton Santos

0
46
Foto; Vítor Silva/Botafogo

No jogo mais importante para o clube até o momento em 2024, o Botafogo enfrenta o Aurora da Bolívia nesta quarta feira às 21h30, no Estádio Nilton Santos, na segunda fase da Conmebol Libertadores. Ainda sem técnico novo no banco, o alvinegro terá o comando do interino Fábio Nunes, que substitui o demitido Tiago Nunes. Mais de 20 mil torcedores deverão apoiar a equipe carioca.

No confronto de ida desta fase, na Bolívia, as equipes empataram em 1 x 1, com o Botafogo abrindo o placar e mais uma vez – como tem ocorrido muito desde a segunda fase do Brasileirão do ano passado – cedeu o empate para o adversário. Agora, no Nilton Santos, só a vitória interessa aos dois times e se isto não acontecer no tempo normal haverá cobrança de penalidades máximas para decidir quem enfrentará o Bragantino na próxima fase. O Massa Bruta sofreu para conseguir a classificação apenas nos pênaltis.

O Botafogo deverá ter mudanças em relação à escalação que enfrentou o Aurora na Bolívia. Savarino deverá entrar no lugar de Victor Sá, negociado para o Krasnodar. Tchê Tchê estará de volta ao time, assim como Marlon Freitas, que substituirá Danilo. O interino Fábio Nunes já adiantou que espera ver a equipe atacando intensamente, sem descuidar da parte defensiva.

No Aurora o próprio treinador Maurício Soria, reconhece que terá muita dificuldade para conseguir a vaga jogando no Rio de Janeiro. Os atletas da equipe boliviana chegaram com bastante antecedência e já fizeram dois treinos para se adaptarem ao clima, inclusive de cobrança de pênaltis. O adversário do Botafogo deverá adotar um esquema muito fechando, tentando surpreender os brasileiros nos contra ataques.

O duelo entre Botafogo e Aurora pela Libertadores terá a transmissão ao vivo para todo o Brasil pelo canal ESPN a partir das 21h20, direto do Estádio Nilton Santos. O juiz do confronto será o venezuelano Jesús Valenzuela, auxiliado pelos compatriotas Jorge Urrego e Tulio Moreno. No VAR outro árbitro da Federação da Venezuela, Juan Soto. Mais: elhombre.com.br