Flamengo estreia na Libertadores e Gabigol mira recorde de Zico

0
115
Gabigol
Gabigol (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O Flamengo estreia nesta quarta-feira às 21h30 em Buenos Aires contra o Velez Sarsfield na Copa Libertadores em busca de seu terceiro título na história do mais importante torneio interclubes do continente americano.

O confronto ocorrerá no Estádio José Amalfitani e as equipes fazem parte do Grupo G da Libertadores. Mesmo tendo de atuar em Buenos Aires o Flamengo é considerado o favorito por conta do grande elenco que tem desde 2019, quando conquistou vários títulos sob o comando do técnico português Jorge Jesus, inclusive o da própria Libertadores.

Apesar do favoritismo, o atual treinador do Rubro Negro, Rogério Ceni, pede muita cautela a seus comandados e destacou que o rival desta quarta-feira tem um estilo de jogo semelhante ao do arquirrival Vasco, por quem o Flamengo foi derrotado por 3 x 1 recentemente em partida válida pelo Campeonato carioca de 2021.

Um jogador em especial espera fazer uma grande Libertadores e escrever mais uma página em sua história na competição. O atacante Gabigol marcou os dois gols da história por 2 x 1 sobre o River Plate que deu o título do torneio ao Flamengo em 2019. Agora o jogador quer, pelo menos, igualar a importante marca atingida pelo maior atleta da história do Flamengo, Zico.

O Galinho de Quintino marcou 508 vezes pelo Flamengo e fez 21 jogos pelo clube na Libertadores – 11 vitórias, seis empates e quatro derrotas -, balançando as redes 16 vezes pelo torneio continental. Zico foi fundamental na conquista da Copa Libertadores de 1981, quando assinalou 11 tentos.

Por enquanto Gabigol disputou duas Libertadores e marcou 11 gols, mas está otimista na possibilidade de pelo menos igualar a marca de Zico e mais uma vez entrar na história do clube mais popular do Brasil. Ele fez 17 jogos pela competição até aqui, com nove vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Foi artilheiro da edição de 2019 com nove gols.