Líder da Série B, Vitória enfrenta o ameaçado Sampaio Corrêa em São Luís

0
173
Sampaio Corrêa vs Vitória (BA)
Imagem: Divulgação

Sampaio Corrêa e Vitória se enfrentam nesta sexta-feira às 19 horas pela 33ª rodada da Série B do Brasileirão. O duelo ocorrerá no Estádio Castelão e as duas equipes estão em situações bem diferentes na reta final do campeonato. Enquanto o rubro negro lidera com certa folga, o tricolor maranhense luta para se afastar da zona de rebaixamento.

A equipe da casa não vence há três jogos, o que mais uma vez a aproximou do Z-4 da Série B. O Sampaio Corrêa está em 13º lugar e tem 36 pontos – apenas três acima da Chapecoense, que abre a zona de rebaixamento. Por isso a vitória sobre o líder não apenas aliviará a situação da “Bolívia Querida”, como aumentará o gás para o restante do campeonato.

O Leão baiano tem 61 pontos e começou a rodada com cinco a mais que o vice-líder e sete acima do quinto colocado, o que dá ao Vitória uma pequena gordura na luta pelo acesso. Na última rodada o rubro negro bateu o Guarani por 2 x 0 no Barradão, em confronto direto superado com relativa facilidade, aumentando a confiança leonina.

O técnico do Sampaio Corrêa, Fernando Marchiori, promoverá duas alterações na equipe em relação ao jogo passado, ambas nas laterais. Do lado direito Lucas Mota entrará na vaga de Matheus Pivô, que está suspenso. Na esquerda Pará assumirá no lugar de Alyson, que não agradou ao treinador.

No Vitória o técnico Leo Conde tem problemas no sistema defensivo. Wagner Leonardo está suspenso e seu habitual substituto, Yan Souto, está com dores no abdômen e foi vetado pelo departamento médico do clube. Com isso, João Victor deverá ser escalado na zaga ao lado de Camutanga. Matheus Trindade, volante de qualidade, está de volta de contusão, mas deverá começar o jogo no banco de reservas.

O SporTV e o canal Premiere transmitirão o duelo ao vivo direto do Estádio Castelão, em São Luís, a partir das 18h50, para todo o Brasil. O juiz da partida será Sávio Pereira Sampaio (Fifa/DF), auxiliado por Márcio Bezerra Lopes Caetano (RO) e Lehi Sousa Silva (DF). No VAR estará Rodrigo Nunes de Sá (Fifa/RJ).