Se vencer a Chapecoense, Vitória será campeão do primeiro turno da Série B

0
120
Imagem: Divulgação

O Vitória recebe a Chapecoense no Barradão nesta segunda -feira, às 19 horas, na última rodada do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro. Se vencer o duelo com os catarinenses, que estão lutando para sair do G-4 do torneio, o rubro negro baiano conquistará o título simbólico de campeão do primeiro turno.

No momento o Leão de Salvador tem 34 pontos e caso supere a Chape ficará com um ponto na frente do Novo Horizontino e com dois a mais que o Vila Nova e o Sport. terminando a primeira etapa na ponta. O Vitória venceu os dois últimos jogos, justamente contra os rivais diretos na luta pela liderança. A força da torcida no Barradão será, com certeza, um fator a mais para aumentar as chances dos baianos.

A Chapecoense está em 17º lugar no torneio, com 18 pontos. O time vem de duas vitórias em sequência e ao poucos a equipe comandada pelo técnico Gilmar Dal Pozzo vem consolidando sua recuperação na temporada. Um triunfo fora de casa contra o Vitória é fundamental para que o Verdão do Oeste se fortaleça ainda mais.

O treinador do Vitória, Léo Conde, terá o retorno de Rodrigo Andrade, voltando de contusão. Resta a dúvida se manterá o esquema com três zagueiros que funcionou nos últimos dois jogos ou não. Conde poderá optar por uma formação muito mais ofensiva por jogar em casa.

Na Chapecoense Dal Pozzo poderá escalar três zagueiros contra o Vitória, que tem um dos ataques mais positivos da Série B. A princípio o time alviverde de Santa Catarina não tem problemas de contusão.

O duelo no Barradão será transmitido ao vivo para todo o Brasil pelos canais SporTV e Premiere a partir das 18h50, direto do Barradão, em Salvador. O juiz da partida será Marcelo de Lima Henrique, do Ceará, auxiliado por Renan Aguiar da Costa (CE) e Luís Carlos de Franca Costa (RN). Rodrigo Carvalhaes de Miranda, do Rio de Janeiro, estará no VAR.

Prováveis escalações:

Vitória: Lucas Arcanjo; Railan, Camutanga, Wagner Leonardo e Felipe Vieira; Dudu (Yan Souto), Rodrigo Costa e Gegê; Wellington Nem, Mateus Gonçalves e Osvaldo.

Chapecoense: Airton; Douglas Borel, Rodrigo Freitas, Bruno Leonardo, Lucas Freitas e Cristiano; Pablo Siles, Pavani e Bruno Nazário; Maxwell e Kayke.