Média de gols de Lewandowski é a segunda maior da história

0
88
Lewandowski

Artilheiro do Campeonato Alemão, da Copa da Alemanha e da Liga dos Campeões da Europa, Robert Lewandowski, grande nome do novo campeão da Champions, o Bayern de Munique, é o franco-favorito para ganhar o prêmio de melhor jogador do mundo na temporada 2019/2020. O polonês teve uma média de 1,17 gol por partida.

A vitória do clube alemão na final do principal torneio europeu praticamente eliminou as chances do brasileiro Neymar e do francês Mbappé de superar o polonês e conseguir o título de melhor do mundo em 2020.  Lewandowski está “voando alto” e fazendo gols de praticamente todos os tipos. Por isso, dificilmente deixará de ser consagrado este ano.

Os números do craque são tão impressionantes que apenas Messi, na temporada 2011/2012 – 73 gols em 60 jogos e média de 1,22 por partida – teve um desempenho superior ao de Lewandowski como um vencedor do título de melhor do mundo. 

O segundo maior vencedor do título, o português Cristiano Ronaldo, por exemplo, jamais conquistou uma bola de ouro com uma média acima da obtida pelo polonês agora em 2019/2020.

O número de gols em uma temporada, porém, pode ser importante na escolha do melhor, mas não preponderante. O italiano Fabio Cannavaro, ganhador em 2006, não foi o artilheiro daquele ano. Além disso, raramente um centroavante como o polonês do Bayern venceu tal corrida. 

O último especialista da posição a ser escolhido o melhor do planeta foi o brasileiro Ronaldo Fenômeno. Lembrando que Cristiano Ronaldo, ainda em atividade, atua mais como ponta-esquerda que no comando do ataque. Mas, mesmo com estes dados, poucos comentaristas esportivos acreditam que alguém mais, que não a estrela maior do Bayern de Munique, levará o prêmio.