Para atrair Tite, Corinthians oferece contrato longo

0
260
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Mesmo com o ex-treinador da Seleção Brasileira e do próprio clube paulista demonstrando desinteresse em voltar a treinar algum time no Brasil, o Corinthians insiste em tentar atraí-lo para o Parque São Jorge e pode inclusive oferecer um contrato de quatro anos ao profissional para convencê-lo a assumir o elenco.

Tite já demonstrou em mais de uma oportunidade que não pretende a princípio voltar ao mercado brasileiro e sonha com alguma proposta do futebol europeu. O treinador chegou a prometer à esposa, Rosmari Bachi, que não assumiria nenhum clube brasileiro em 2023. Tite também estuda a possibilidade de voltar a trabalhar no Oriente Médio, onde esteve nas temporadas de 2007 e 2010.

A saída repentina e traumática de Cuca do comando do elenco abalou o Corinthians, que neste sábado tem um importante compromisso pela Série A do Campeonato Brasileiro contra o arquirrival Palmeiras, em confronto agendado para o Estádio Allianz Parque, em São Paulo. O auxiliar Fernando Lázaro e o observador Mauro da Silva ficarão interinamente no banco do Timão.

Caso não consiga Tite, que segue sendo o Plano A do alvinegro, algumas outras opções seriam Vanderlei Luxemburgo ou o retorno de Fábio Carille ao clube. Ambos tiveram boas passagens pelo Corinthians e estão nas graças da própria Fiel. A diretoria corintiana pretende esgotar todas as possibilidades de ter o ex-técnico da Seleção Brasileira antes de buscar uma alternativa viável.

Cuca conseguiu classificar o Corinthians para as oitavas de final da Copa do Brasil em um jogo dramático contra o Clube do Remo na Neo Química Arena, mas pediu demissão depois de muita pressão por parte dos torcedores do Timão pela sua saída. O vitorioso treinador está envolvido em um caso de estupro de uma menor, quando era jogador do Grêmio, ainda nos anos 80. Cuca sempre alegou inocência, mas acabou tendo de deixar o clube por estar – ele e sua família – recebendo ameaças de torcedores mais exaltados.