STJD mantém decisão e Corinthians é punido por cantos homofóbicos de torcedores

0
345
Foto: Divulgação

Não adiantou o advogado do clube tentar alegar que “não houve dolo” por parte dos torcedores e o STJD confirmou a punição ao Corinthians por causa de cantos homofóbicos em seu estádio no clássico contra o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro, que terminou empatado em 1 x 1.

O tribunal maior do futebol brasileiro já tinha decretado que o Timão jogaria uma partida de portões fechados na Neo Química Arena depois que um grupo de torcedores agiu de maneira supostamente preconceituosa contra são paulinos no Clássico Majestoso. A diretoria do alvinegro de Parque São Jorge, porém, conseguiu um efeito suspensivo e adiou a aplicação da pena para tentar recorrer.

Em decisão no Pleno do STJD, porém, a punição de ter de jogar uma partida com portões fechados foi ratificada. A punição havia antes sido determinada pela 3ª Comissão Disciplinar. A tendência do STJD é punir com rigor todos os casos de preconceito nos estádios do País.

A punição imposta ao Timão será cumprida no jogo contra o Vasco na Neo Química Arena marcado para o dia 30 de julho. Curiosamente, o Cruzmaltino também está cumprindo atualmente pena de portões fechados em São Januário, mas por causa de distúrbios envolvendo violência e protestos mais agressivos no estádio do clube carioca, que assim como o Corinthians está em péssima situação na Série A do Campeonato Brasileiro.