De volta à Série A, América (MG) deverá contratar mais jogadores

0
30
América (MG)

O América (MG) não conseguiu conquistar o Campeonato Mineiro de 2021, empatando os dois jogos com o Atlético, que entrou com vantagem na decisão, mas a diretoria e os jogadores já superaram a perda e sonham alto na volta do clube à Série A do Brasileirão.

A meta do Coelho é conseguir no mínimo uma vaga para a Copa Sul-Americana de 2022. Com este objetivo, o coordenador do Departamento de Futebol do clube, Marcus Salum, adiantou que o Coelho está de olho no mercado e ainda não considera o grupo fechado para a disputa do Brasileirão deste ano.

– Nós temos condições de contratar, temos orçamento no qual cabem dois ou três contratações a mais para a temporada. Vamos analisar as reais carências do elenco e poderemos até pagar um pouco mais para ter aquilo de que realmente precisarmos – informou Salum.

O Coelho teve uma das melhores temporadas de sua história em 2020, culminando com a final do Mineiro em 2021. No ano passado o América chegou pela primeira vez à semifinal de uma edição da Copa do Brasil e o vice-campeonato da Série B, garantindo acesso à Série A.

O goleiro americano, Cavichioli, que disputará pela segunda vez em nove anos a Série A, enfatiza que a equipe chegará forte para o Brasileirão, e que pode sim sonhar alto, com condições de brigar por vaga em torneios internacionais, o que não ocorre há muito tempo.

– Por que não podemos chegar a uma Sul-Americana? No domingo, dia da estreia no Brasileirão contra o Athletico (PR), começará o grande projeto. Não se trata apenas de se manter na elite, mas de brigar por muito mais – destacou o arqueiro.

O América enfrentará o Furacão na Arena da Baixada no domingo, às 18h15, na Arena da Baixada, em Curitiba.