Apesar da oscilação, Fortaleza se classifica pelo terceiro ano consecutivo para um torneio continental

0
138
Foto: Leonardo Moreira/Site do Fortaleza

O Fortaleza teve este ano a oportunidade de disputar a maior decisão de sua história, contra a LDU e pela Copa Sul-Americana e perdeu a taça. O time cearense então entrou em fase de baixa e sofreu para se afastar da zona de rebaixamento. No final do Brasileirão, porém, a garantia de que mais uma vez estará em uma competição internacional.

Pelo terceiro ano consecutivo o Leão se classificou para um torneio continental, desta vez a própria Sul-Americana. O tricolor do Pico fez um ótimo primeiro turno na Série A, mas à medida em que avançava na competição internacional teve que fazer a uma escolha e caiu assustadoramente no Brasileirão.

A sequência sem vitórias no Brasileiro foi encerrada com um triunfo sobre o Bragantino, que disputava o título da Série A. Antes o Leão já havia empatado em casa com dois outros postulantes à taça, o Botafogo e o Palmeiras, e já apresentava evolução. Enfim, na penúltima rodada do nacional o Fortaleza ganhou do Goiás por apenas 1 x 0, mas conseguiu mais uma vez a vaga para disputar um torneio internacional.

Agora a diretoria, que manteve o técnico Juan Pablo Vojvoda, iniciará a preparação do elenco para as primeiras competições de 2024, incluindo o Campeonato Cearense, no qual o Leão lutará pelo hexa, e a Copa do Nordeste. A ordem é mante-se em alta em mais uma temporada, demonstrando que o futebol nordestino de fato subiu de patamar no cenário brasileiro.

No momento o Fortaleza ocupa a décima posição, com 51 pontos, mas ainda pode terminar o Brasileirão na nona colocação, hoje sustentada pelo Internacional. Na última rodada o Leão enfrentará o Santos na quarta-feira às 21h30, na Vila Belmiro, com o Peixe jogando tudo na luta contra o rebaixamento. Se vencer o alvinegro praiano e o Internacional não derrotar o Botafogo no Beira Rio o tricolor cearense avançará mais uma posição.