Botafogo sofre, mas vence Atlético (MG) por 2 x 1 no Rio

0
69
Botafogo vence Atletico MG
Foto: Vitor Silva / Botafogo.

O Botafogo entrou em campo com uma escalação alternativa e um time cheio de jogadores jovens. A estrela Honda foi poupada e os torcedores temeram pelo pior. Afinal, o adversário estava na liderança absoluta da Série A, com três vitórias em três jogos e vinha com banca de um dos grandes favoritos ao título. No final, porém, tudo correu bem para os alvinegros cariocas que, mesmo levando três bolas na trave, saíram com a vitória por 2 x 1 sobre o Atlético (MG). Mais uma vez valeu a freguesia!

O primeiro tempo do jogo teve intensa movimentação, com o Atlético atacando e o alvinegro carioca saindo nos contra-ataques. Ambos os goleiros – em especial o do Botafogo, Gatito Fernandes – trabalharam muito e seguraram os ataques o quanto puderam. A primeira chance foi atleticana, com Guilherme Arana, que arriscou um chute forte para excelente defesa de Gatito.

Logo em seguida a resposta do Botafogo, com um chute perigoso de Luís Henrique após cruzamento de Luiz Fernando. A bola passou perto do gol de Rafael. Aos 27 o time da casa abriu o marcador depois que o mesmo Luiz Henrique pegou um rebote e mandou para as redes.

No segundo tempo tudo como antes. Parecia treino de ataque contra defesa, com os mineiros muito ofensivos em busca do empate. Durante todo o jogo o Galo deu 30 chutes ao gol de Gatito, contra dez tentativas do Botafogo. Aos 44 do segundo tempo o jovem Caio Alexandre fez o segundo dos botafoguenses em um contra-ataque de almanaque, com jogada de Matheus Babi e Bruno Nazário pela direita. Cruzamento para Caio Alexandre e gol do Fogão. O ex-Botafogo zagueiro Igor Rabello, que não comemorou, fez o tento único dos mineiros já nos descontos. 

Como tem sido rotina, o Atlético veio forte, atacou muito, mas perdeu. Em toda a história já houve 109 partidas entre os mineiros e cariocas, com 49 triunfos do Botafogo, 34 do Atlético e 26 empates. Freguesia mantida e Galo perde a liderança para o Internacional (RS) pelo saldo de gols.