Fora da Sul-Americana e vice no estadual e na Copa do Nordeste, Ceará precisa se recuperar logo para a Série A

0
141
Ceará

Vice-campeão na Copa do Nordeste, na qual perdeu a final para o Bahia, e no Campeonato Cearense – derrotado pelo arquirrival Fortaleza -, o Ceará teve na noite da última quinta-feira mais uma decepção, portanto a terceira em poucas semanas, com a eliminação da Copa Sul-Americana.

A equipe comandada pelo técnico Guto Ferreira chegou à última rodada do torneio continental na liderança do grupo, mas se apresentou muito mal e acabou derrotada pelo Jorge Wilstermann por 1 x 0 em partida realizada na Bolívia. Com mais este insucesso o Vozão foi eliminado da Sula e agora terá de se recuperar rapidamente para a disputa da Série A do Brasileirão e do restante da Copa do Brasil.

A comissão técnica trabalha o psicológico dos jogadores para a estreia contra o Grêmio no próximo domingo, às 16 horas, em Fortaleza. Alguns atletas como o atacante Vina não têm rendido tudo o que podem. Ele inclusive jogou tão mal contra o Jorge Wilstermann que acabou substituído no segundo tempo. O Ceará perdeu Lima cedo na partida e Yoni não correspondeu. Enfim, uma noite a ser esquecida!

Pela Copa do Brasil o Ceará terá a chance de vingar a derrota na final do Campeonato Cearense, afinal terá dois jogos contra o arquirrival Fortaleza, o primeiro deles na próxima quarta-feira (02), na Arena Castelão. O adversário chegará ostentando o tricampeonato estadual e a comissão técnica do Vozão quer motivar os atletas para darem o melhor de si nos clássicos.

O alvinegro cearense precisa superar logo a perda dos títulos e a eliminação da Sul-Americana se ainda quiser ter um bom desempenho no Brasileirão e na Copa do Brasil e, quem sabe, retornar à competição continental em 2022. É o que sua torcida espera dos jogadores.