Contra o Coritiba, Botafogo tenta voltar a vencer e manter esperanças no Brasileiro

0
108
Tiago Nunes
Tiago Nunes (foto: Reprodução / Athletico Paranaense)

Após liderar o campeonato por 31 rodadas e dar a seu torcedor muitas esperanças de conquistar um título que não vai para General Severiano há quase três décadas, o Botafogo caiu vertiginosamente no segundo turno da Série A e agora está na terceira posição e há várias partidas sem vencer. Nesta quarta-feira às 21h30 o alvinegro carioca tenta voltar aos trilhos contra o já rebaixado Coritiba, no Couto Pereira de portões fechados, pela 36ª rodada da competição.

O Coxa está em penúltimo lugar no torneio nacional, com 29 pontos, e já rebaixado à Série B. O clube paranaense demitiu Thiago Kosloski após a queda ser confirmada e hoje no Couto Pereira será comandado por Guilherme Bossle, do sub-20, porque o novo treinador, Guto Ferreira, ainda não assumiu a direção do elenco.

O Botafogo de Tiago Nunes está sob pressão e com seus torcedores muito irritados com a vergonhosa campanha no segundo turno. A equipe caiu para a terceira posição e além de vencer nesta quarta feira terá de torcer por tropeços de Flamengo e Palmeiras, que jogarão em casa, para tentar recuperar o ímpeto no Brasileiro.

Para o jogo de hoje à noite o Coxa terá novamente Robson e Marcelino Moreno, que estavam suspensos. Reynaldo também assumirá sua posição na zaga do Coritiba contra o Botafogo. Por outro lado, o meia Sebastião Gomez terá de cumprir suspensão e Matheus Bianqui deverá assumir sua vaga.

Os cariocas não terão seu principal jogador nas últimas rodadas, Danilo Barbosa, que está suspenso. em seu lugar poderá entrar Bastos – que falhou no gol de empate do Santos na última rodada – ou, caso Tiago Nunes prefira uma formação mais ofensiva, o lateral Hugo fará parte da primeira linha de jogadores do Glorioso.

O confronto no Couto Pereira terá a transmissão ao vivo para todo o Brasil pelos canais Globo e Premiere a partir das 21h20, direto de Curitiba. O juiz do jogo será o pernambucano Rodrigo José Pereira de Lima, auxiliado por Luanderson Lima dos Santos (Fifa/BA) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS). No VAR estará  Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (Fifa/RN).