Lei do “ex” em ação mais uma vez no empate entre Coritiba e São Paulo

0
33
Coritiba e São Paulo Empatam
foto: Site Oficial do Coritiba

Um belo gol de falta marcado por um ex-jogador do próprio São Paulo logo aos cinco minutos fez o Tricolor do Morumbi ter de correr atrás do resultado para conseguir somente um empate no jogo deste domingo contra o Coritiba na capital paranaense. A igualdade no placar aumentou ainda mais a pressão sobre o técnico são paulino Fernando Diniz.

O São Paulo foi eliminado no meio da semana da Libertadores com uma derrota por 2 x 1 para o River Plate em Buenos Aires e entrou no estádio do Alto da Glória com a obrigação de vencer para amainar os ânimos da torcida tricolor. Porém, a equipe entrou sonolenta e logo levou o primeiro gol, na verdade uma pintura em cobrança de falta do ex-são paulino Robson.

Ainda aos 18 o São Paulo conseguiu fazer um gol, mas logo foi anulado pelo VAR por impedimento do camisa 9 Luciano. O Coritiba optou por permanecer na retranca após fazer o gol e os tricolores não conseguiam furar o bloqueio. No segundo tempo o clube do Morumbi marcou novamente e mais uma vez o VAR assinalou impedimento do mesmo jogador, Luciano.

Aos 22 da etapa final enfim o empate: Daniel Alves bateu falta e a bola bateu no braço de Hugo Moura, pênalti confirmado e convertido por Reinaldo. Com 1 x 1 no marcador o São Paulo começou imprensar o Coxa, mas sem objetividade.

Com o resultado os paulistas chegaram a 21 pontos e saíram do G4, ultrapassados pelo Flamengo, que derrotou o maior rival do Coritiba, o Atlético (PR) por 3 x 1 no Maracanã. O Coxa com o empate permaneceu na 17ª colocação, na zona de rebaixamento da Série A.