Pachequinho mantém esperança no Coxa na luta contra o rebaixamento

0
235
Pachequinho
Pachequinho (foto: Coritiba FC)

A derrota de virada para o Botafogo por 2 x 1 no Estádio Couto Pereira no último sábado aumenta a preocupação de diretoria e torcedores do Coritiba com uma nova queda para a Série B do Brasileirão. O Coxa está com 21 pontos, na 19ª colocação, à frente apenas do Goiás, que tem 20, mas uma partida a menos que os paranaenses.

Para chegar ao número mágico de 45 pontos e evitar o rebaixamento, segundo as projeções dos matemáticos, o Coritiba precisará ter 66% de aproveitamento até o fim da competição. Trata-se de um rendimento de quem no momento está disputando o título brasileiro, uma reação que poucos acreditam será possível ao Coxa jogando o mau futebol que tem apresentado até aqui.

– Como interino eu não estou nada satisfeito com o atual momento do Coritiba e meus atletas também pensam assim. A cobrança é inevitável e até necessária. Com ela e com muito trabalho é que poderemos sair desta situação e evitar o rebaixamento – destacou Pachequinho.

Para manter-se na Série A o Coritiba agora terá agora de buscar vitórias fora de casa e nem sequer cogitar perder pontos em casa. O Couto Pereira tem de ser palco de conquistas e não mais de derrotas tão lamentáveis como a ocorrida contra o Botafogo.

Na partida o Coxa esteve bem em alguns momentos, mas permitiu a reação do adversário e no final ainda teve uma chance de ouro de empatar, mas o zagueiro Sabino cobrou bisonhamente para fora e desperdiçou a chance do time da casa de conquistar pelo menos um ponto no confronto.

Na próxima rodada o alviverde paranaense terá uma parada dura. O Coxa enfrentará o Atlético (MG), postulante ao título brasileiro, em partida que ocorrerá em Belo Horizonte no sábado, dia 26, às 17 horas.