O duro desafio do Fortaleza para escapar do rebaixamento

0
49
Fortaleza

Na 17ª colocação na tabela de classificação, o Fortaleza luta para não regressar à Série B. O time caiu muito de produção depois que perdeu o técnico Rogério Ceni para o Flamengo e se antes sonhava até com uma vaga na Libertadores, agora disputa ponto a ponto a permanência na elite do futebol brasileiro.

No próximo domingo às 17 horas, no Mineirão, o tricolor terá pela frente nada menos que o Atlético (MG). Além de estar entre os quatro primeiros da competição com 57 pontos e a cinco do líder Internacional, o Galo é até o momento o melhor mandante da Série A, o que já demonstra a dificuldade que o Fortaleza enfrentará em Belo Horizonte.

Em 16 jogos realizados em casa, o time mineiro venceu 12, empatou três e perdeu apenas um, com um aproveitamento de 81,3% em seus domínios. Conseguir pelo menos um empate contra a equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli no Mineirão tem sido tarefa das mais duras para qualquer adversário.

Apesar de ter um ataque poderoso e muita intensidade na luta pela bola, o Atlético tem tomado muitos gols que se originaram de falhas da própria equipe mineira. O técnico do Fortaleza conta com este ponto fraco para sair com um bom resultado der Minas. Ele espera montar um sólido bloqueio defensivo, resistir a alguma pressão inicial e jogar em cima das falhas do adversário.

O time cearense tem 35 pontos e está empatado com Sport e Bahia, primeiros clubes acima da zona de rebaixamento, na qual o tricolor está por ter menos vitórias ao longo do campeonato. Além do Galo neste domingo o tricolor enfrentará até o fim da Série A Coritiba, Vasco da Gama e Bahia em Fortaleza – jogos considerados de “seis pontos” contra equipes que também lutam contra o rebaixamento. 

Fora de casa o clube cearense terá partidas contra o Palmeiras e, na última rodada, o Fluminense. Pelos cálculos dos matemáticos o Fortaleza precisará de pelo menos mais 12 ou 13 pontos para assegurar de vez a permanência na Série A.