Internacional tem sete jogadores com contratos perto de terminar

0
21
Paolo Guerrero
Paolo Guerrero (Foto: Divulgação Twitter Internacional)

O Internacional iniciou a temporada de renovação de contratos e nada menos que sete atletas estão próximos de terem seus vínculos encerrados com o Colorado. A diretoria do clube gaúcho já deu os primeiros passos para a renovação, mas alguns atletas terão de reduzir suas pedidas se quiserem permanecer no Beira-Rio.

Um deles, por exemplo, é o centroavante peruano Paolo Guerrero, de 37 anos. O jogador ainda não definiu os planos para o futuro da carreira. Ele tem um dos salários mais altos do elenco e precisará se adequar ao plano de controle de gastos estabelecido pela diretoria para a próxima temporada do clube.

Reserva de Daniel, o goleiro Marcelo Lomba, der 34 anos, também está com o contrato perto de terminar. Embora não venha atuando a diretoria cogitar renovar seu vínculo, pois deseja um atleta com mais experiência na posição. A tendência, porém, é de que Lomba deixe o Colorado no final do contrato.

Emprestado pelo Hoffenheim da Alemanha com cláusula de compra estabelecida no valor de 3,5 milhões de euros (cerca de R$ 21,4 milhões no câmbio atual), o jovem zagueiro Lucas Ribeiro, de 22 anos, tem o contrato encerrado no final de 2021, mas dificilmente ficará em Porto Alegre por mais uma temporada. O técnico Diego Aguirre tem muitas e boas opções no sistema defensivo, o que torna a contratação de Lucas Ribeiro dispensável.

O volante Rodrigo Lindoso, de 32 anos, é outro que ainda não tem definido seu futuro. Ele é o titular no esquema de Aguirre, que gostaria que o jogador ficasse. Há, porém, uma tendência de que opte ´por deixar o Internacional.

Palacios, atacante chileno de 20 anos, tem uma renovação bem encaminhada. O Colorado já firmou a compra dos direitos do atleta e já prepara um novo acordo que se estenderá a princípio até 2025. Moisés, zagueiro de 26 anos e Renzo Saraiva, lateral-direito argentino de 28, também estão próximos de encerrar seu vínculo com o Internacional e a diretoria ainda não definiu o que espera de ambos.