Mais aliviado na tabela, Corinthians enfrenta o ameaçado Bahia na Neo Química

0
184
Corinthians vence o Bahia
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Corinthians e Bahia abrem nesta sexta feira às 21 horas na Neo Química Arena, em São Paulo, a 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Timão está bem mais tranquilo na tabela, enquanto o tricolor de aço está no Z-4 e cada vez mais ameaçado de queda para a Série B.

O Timão vem de grande vitória fora de casa por 1 x 0 e chegou a 44 pontos, praticamente eliminando o risco de rebaixamento que assombrou por um bom tempo o Parque São Jorge. a equipe ocupa a 12ª posição e tem chance de pela voltar à primeira metade da tabela caso derrote os baianos.

O Tricolor de Aço está muito ameaçado de queda e no momento tem 38 pontos, na 17ª posição do campeonato, três a menos que Vasco e Cruzeiro, que estão empatados como os primeiros clubes fora da zona da degola. Em seu compromisso mais recente a equipe de Salvador empatou em casa com o Athletico (PR), desperdiçando uma ótima oportunidade para ficar em melhor situação na luta contra o rebaixamento.

O técnico do Timão, Mano Menezes, deverá ter dois desfalques na zaga, por isso atletas da base corintiana poderão ser escalados contra o Bahia na noite desta sexta-feira na Neo Química Arena. Alguns jogadores poupados na vitória sobre o Grêmio em Porto Alegre têm tudo para voltar aos titulares.

No Bahia o treinador Rogério Ceni conta com o retorno do lateral-esquerdo Camilo Cândido, depois de ter cumprido suspensão contra o Furacão na Fonte Nova. Everaldo está de fora por ter levado o terceiro cartão amarelo. Em seu lugar deverá jogar Rafael Ratão. Ceni deverá optar por um esquema com três zagueiros.

No duelo entre Corinthians e Bahia, abrindo a 35ª rodada do Brasileirão, terá a transmissão direta do canal Premiere para todo o País a partir das 20h50, direto da Neo Química Arena, em São Paulo. O juiz da partida será o cearense Marcelo de Lima Henrique, auxiliado por Nailton Junior de Sousa (Fifa/BA) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR). No VAR estará  Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (Fifa/RN).