Ceará vai em busca de zagueiros para Vagner Mancini para 2024

0
60
Vagner Mancini
Foto: Sirli Freitas

Décimo primeiro colocado na disputa da Série B deste ano, o Ceará ficou muito longe de realizar o sonho do retorno do elite do futebol brasileiro. O Vozão já se desfez de alguns atletas do atual elenco e precisa com certa urgência de reforços, principalmente no setor defensivo.

O alvinegro, que manteve o técnico Vagner Mancini no comando, só tem dois jogadores de zaga, David Ricardo e Lucas Ribeiro. Alguns nomes já começaram a ser anunciados em setores como meio de campo e ataque para a próxima temporada, mas nada ainda no sistema defensivo, uma das prioridades da diretoria, pois este ano o técnico Mancini não conseguiu organizar sua zaga e o time teve problemas na disputa da Série B.

A campanha do Vozão em 2023 foi decepcionante e o clube tem algumas metas que considera prioritárias no próximo ano. Duas delas são a quebra da hegemonia do arquirrival Fortaleza no Estado – o tricolor detém o pentacampeonato cearense – e, claro, a classificação para a elite do Brasileirão.

O Ceará anunciou esta semana a rescisão do contrato de Tiago Pagnussat, que seguiu para o Avaí. Por isso o Vozão ficou ainda mais enfraquecido em seu sistema defensivo. Luiz Otávio permanecerá no clube, mas como terá de passar por uma cirurgia, ficará pelo menos cinco meses longe dos gramados. Por este motivo Mancini não poderá usá-lo para reforçar a zaga.

A diretoria quer uma reestruturação profunda para que o grupo tenha condições de brigar por títulos e pelo acesso. Por enquanto ainda não foi ventilado nenhum nome para o setor defensivo do Vozão. A próxima janela de transferência abrirá no dia 8 de janeiro de 2024.