Três clubes do exterior estão interessados em Pepê

0
44
Papê
Papê (Foto: Lucas Uebel / Grêmio)

Pretendido há muito tempo pelo Porto, o atacante Pepê do Grêmio também entrou na alça de mira de outros dois clubes do exterior, o Sevilla da Espanha e o Zenit da Rússia. O valor do jogador caiu depois da eliminação do tricolor gaúcho nas quartas de final da Copa Libertadores, quando o time acabou goleado por 4 x 1 pelo Peixe na Vila Belmiro.

Antes o Grêmio tinha estipulado o passe do atleta em 20 milhões de euros (R$ 125,5 milhões aproximadamente). Agora com a saída da Libertadores a venda já poderia se concretizar por 15 milhões de euros, algo em torno de R$ 94 milhões.

O Porto já tinha feito uma proposta de 12 milhões de euros pelo atleta (R$ 75 milhões), com outros 3 milhões de euros (R$ 19 milhões) em metas atingidas. Tanto o jogador quanto os dirigentes gremistas se interessaram pelo lance da equipe portuguesa, mas a negociação não avançou. A questão da diferença de datas para a efetivação da transferência acabou como o maior obstáculo à transação.

Com a queda no valor do passe do jogador os portistas fizeram uma nova sondagem ao Grêmio e o caso pode até evoluir desta vez. Entretanto, os portugueses agora têm forte concorrência, pois o Sevilha da Espanha e o Zenit da Rússia também já entraram no circuito para ter Pepê em 2021.

Outro clube europeu que fez uma investida foi a Roma da Itália. Os dirigentes da equipe romanista, porém, consideraram o novo valor ainda muito alto e, pelo menos por enquanto, se afastaram da disputa pelo atacante brasileiro. Com a atual situação do mercado do futebol brasileiro a venda de Pepê poderá ocorrer já na primeira quinzena de janeiro, bastando saber quem e por quanto tirará o atleta do Imortal.

O tricolor gaúcho tem 70% dos direitos econômicos do jovem atacante. O restante dos direitos é dividido entre o empresário Giuliano Bertolucci (20%) e o Foz do Iguaçu (10%).