Presidente do Inter descarta demissão do técnico Miguel Ángel Ramirez

0
219
Miguel Ángel Ramirez
Miguel Ángel Ramirez (foto: Divulgação / Independiente del Valle)

O presidente do Internacional, Alessandro Barcellos, lamentou a perda de mais um campeonato gaúcho, mas descartou a demissão do técnico Miguel Ángel Ramirez, como muitos torcedores e até parte da diretoria colorada já defendem.

Para o presidente do clube gaúcho, a expulsão de Yuri Alberto ainda no primeiro tempo – o atleta colorado foi para o chuveiro mais cedo junto com Rafinha do Grêmio – desestabilizou um pouco o grupo, que até aquele momento dominava a partida realizada na Arena do Grêmio.

O segundo jogo da decisão do Gauchão terminou 1 x 1 e por ter vencido o primeiro confronto na semana passada por 2 x 1 no Beira Rio o Grêmio se sagrou tetracampeão estadual com o empate. O Internacional não levanta a taça desde 2016 e também não vai tão bem como se esperava na Copa Libertadores, embora lidere o Grupo B ao lado do Deportivo Táchira, com nove pontos cada em cinco jogos.

Alessandro Barcellos pediu aos torcedores um pouco mais de paciência, pois o trabalho desenvolvido pelo técnico Ramirez está em desenvolvimento, com o treinador impondo aos poucos seu perfil ao elenco. 

O presidente colorado também enfatizou que logo que possível Ramirez receberá reforços, mas salientou que a situação financeira do clube do Beira Rio exige que a diretoria aja com muita cautela em busca de bons nomes que possam somar sem onerar muito os cofres.

A torcida colorada tem se impacientado com o recente desempenho do clube, muito travado em campo e sofrendo muito com sucessivas falhas no sistema defensivo. A recente freguesia para o maior rival também exaspera os torcedores, que exigem mudanças urgentes, mesmo que isto signifique a definição do treinador Miguel Ramirez.