A exuberante fase de Cano no Fluminense

0
100
Foto: Marcelo Gonçalves/FFC

“Faz o L.” A torcida do Fluminense já se habituou a repetir o refrão depois que seu atleta de mais detaque marca mais um gol. Só em 2022 o argentino balançou as redes 44 vezes e acabou a temporada como o maior goleador em atividade no Brasil. E já deu para confirmar que este ano tem tudo para não ser diferente.

No clássico contra o Vasco no último domingo o atacante fez dois belos gols. No primeiro Cano pegou de voleio um cruzamento da direita e abriu o placar no jogo realizado no Maracanã. Apesar da beleza do gol, era apenas um prelúdio do espetáculo que logo viria.

Com o Vasco pressionando para tentar o empate, um erro da defesa cruzmaltina fez com que a bola sobrasse justamente para Cano que, quase do meio de campo, viu o goleiro adversário adiantado e meteu por cobertura. Uma pintura ou, como muitos preferem dizer, um gol antológico no “Maior do Mundo” e o clube da Colina definitivamente nocauteado.

Germán Cano tem 35 anos e já jogou no próprio Vasco, onde chegou a fazer vários gols. Porém, o brilho do argentino no Tricolor tem marcado sua carreira. O artilheiro comemora seus gols fazendo um L com a mão para homenagear o filho Lorenzo e o gesto já entrou para o folclore do futebol carioca.

O atacante portenho tem ótima presença de área, se antecipa bem aos zagueiros do adversário e muita habilidade. O gol por cobertura que marcou contra o Vasco demonstra mais uma vez que Germán Cano é um atleta de rara inteligência e talento e com certeza tão cedo não será esquecido pelos amantes do futebol-arte. Que muitas outras pinturas possam surgir dos pés do goleador tricolor pelos gramados do País!