Cruzeiro em tensão às vésperas de clássico contra o Atlético

0
27
Foto: Cruzeiro/Divulgação

O Cruzeiro vive seu pior momento na temporada, justamente às vésperas do clássico contra seu maior rival, o Atlético (MG), marcado para a próxima segunda-feira, às 20 horas, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Uma derrota da Raposa pode tornar a situação do técnico Paulo Pezzolano muito delicada na Toca da Raposa.

O time não vence há três jogos, incluindo uma derrota no clássico contra o América (MG) e outra, considerada vergonhosa pelos torcedores, para o fraco Pouso Alegre em pleno Mineirão na última rodada do Mineirão-23.

A Raposa está em terceiro lugar no grupo C e, portanto, fora da zona de classificação para a próxima fase. Segundo o regulamento do estadual, apenas os primeiros colocados de cada grupo, mais o melhor segundo nas três chaves avançará para a semifinal.

Até o momento a equipe estrelada conquistou quatro pontos e precisa desesperadamente triunfar no duelo com o maior rival para seguir com chance de classificação. Uma derrota para o Galo seria catastrófica para as pretensões da gestão do empresário e ex-jogador Ronaldo Nazário no clube de Belo Horizonte.

O clube contratou nada menos que 14 reforços para a temporada depois que conquistou a Série B em 2022 e voltou à elite do futebol brasileiro depois de amargar três anos na divisão de acesso. O problema é que os reforços ainda não renderam o que se esperava e o time vai ficando para trás no estadual de Minas Gerais.

Pezzolano promete à torcida que fará mudanças para o clássico contra o Atlético na segunda-feira à noite no Independência. As alterações pretendidas pelo treinador cruzeirense ainda não foram anunciadas, mas a torcida já está perdendo a paciência com a equipe e espera que a virada ocorra justamente no confronto coo o Atlético. Clima tenso na Toa da Raposa!