Argentina enfrenta a Colômbia e Messi está a dois passos de realizar seu grande sonho

0
27
Messi
Messi (foto: AFA)

Argentina e Colômbia fazem nesta terça-feira às 22 horas, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, a segunda semifinal da Copa América e o vencedor decidirá o torneio com o Brasil, que derrotou o Peru por 1 x 0 na última segunda feira. Os argentinos, em especial a grande estrela Lionel Messi, perseguem há muitos anos quebrar um incômodo jejum de títulos.

A seleção portenha não conquista um título sequer desde 1993 e Messi jamais levantou uma taça pela sua seleção. A cobrança sobre o supercraque sempre foi muito grande e a inevitável comparação com Diego Maradona, que conquistou uma Copa do Mundo pela Argentina em 1986, é inevitável.

Messi está levando a Argentina nas costas na atual Copa América. O jogador marcou quatro gols e deu quatro assistências e participou diretamente de oito dos dez gols argentinos no torneio. Isto representa que o supercraque participa de um gol de sua seleção a cada 56 minutos que permanece em campo.

Em 2016, quando Messi teve seus melhores números em uma edição de Copa América, a estrela mundial do futebol ajudou a Argentina a chegar à final do evento realizado nos Estados Unidos. A seleção azul e branco, porém, acabou derrotada pelo Chile e mais uma vez o sonho de Messi foi adiado.

Chegar à final da Copa América este ano representará para Messi também a oportunidade de enfrentar o amigo Neymar, com quem viveu grandes momentos atuando pelo Barcelona. O craque brasileiro disse no final da partida em que sua seleção venceu o Peru por 1 x 0 na semifinal que seu adversário preferido é justamente a Argentina.

Com a grande fase de Messi na seleção os argentinos sonham que enfim o jejum que quase 30 anos sem conquistas esteja terminando. No meio do caminho, porém, existem duas pedras: a Colômbia nesta terça-feira e o Brasil de Neymar e Tite.

O SBT e a ESPN Brasil transmitirão ao vivo a semifinal entre Argentina e Colômbia.