Brasil estreia na Copa América contra a Costa Rica em Los Angeles

0
117
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O Brasil estreia na Copa América nesta segunda-feira às 22 horas (de Brasília), no SoFi Standium, em Los Angeles. Será a primeira competição oficial da seleção sob o comando do técnico Dorival Júnior, ainda invicto nos quatro jogos à frente do grupo.

Nos amistosos realizados com Dorival no banco o Brasil conseguiu duas vitórias, sobre Inglaterra e México e empatou com Espanha e Estados Unidos. A seleção está há 30 dias em solo americano para fazer a preparação para a Copa América, quando tentará o décimo título de sua história no principal torneio entre seleções do continente.

A atual campeã, Argentina, e o Uruguai estão empatadas, com 15 títulos cada, e o Brasil, que conquistou a taça pela última vez em 2019, vem em seguida. Os argentinos também conquistaram a última copa do mundo e chegaram aos Estado Unidos como maiores favoritos.

Ao todo Brasil e Costa Rica já se enfrentaram 11 vezes e a seleção canarinho venceu dez perdeu apenas um confronto. o último duelo aconteceu na fase de grupos do Mundial de 2018, quando os brasileiros levaram a melhor e venceram por 2 x 0, com gols de Philippe Coutinho e Neymar.

Para o jogo de hoje Dorival Júnior tem o elenco roda à disposição e não tem problemas de contusão. Militão e Arana devem começar jogando nas vagas de Beraldo e Wendell. Vinícius Júnior, favorito para ganhar a bola de ouro de melhor jogador do mundo, é a principal estrela brasileira na Copa América.

A Costa Rica, comandada por Gustavo Alfaro, tem um problema de peso para a estreia na Copa América. Um de seus principais jogadores, o veterano atacante Campbell, sentiu um desconforto muscular e ainda não tem presença confirmada contra o Brasil.

O confronto entre Brasil e Costa Rica terá a transmissão ao vivo para todo o nosso País pela Rede Globo e pelo canal SporTV a partir das 21h50, direto do SoFi Stadium, em Los Angeles, nos Estados Unidos. O trio de arbitragem é mexicano, com César Ramos no apito e Alberto Morin e Marco Bisguerra como auxiliares. Guillermo Pacheco, também do México, estará no VAR.