Com força máxima Argentina enfrenta a Bolívia pela Copa América

0
72
Seleção Argentina
Seleção Argentina (foto: AFA)

A Argentina enfrenta nesta segunda-feira às 21 horas, na Arena Pantanal, a Bolívia pela última rodada do Grupo A da Copa América. A seleção portenha já está classificada, mas ainda busca o primeiro lugar na chave para em tese ter um adversário mais fraco na próxima fase do torneio continental.

Messi estará em campo pela 147ª vez defendendo a seleção de seu país. Ao participar do confronto com os bolivianos nesta segunda-feira o supercraque passará Mascherano como o jogador que mais atuou pela Argentina na história.

O atleta do Barcelona já é o recordista de gols com a camisa azul e branca do país vizinho. Messi já marcou 73 vezes, 19 a mais que Batistuta, já aposentado. Por seleções da América do Sul pode passar Pelé se marcar mais quatro vezes. O brasileiro Rei do Futebol balançou as redes em 77 oportunidades.

Os argentinos são os líderes de seu grupo na primeira fase da Copa América com sete pontos. O Paraguai tem seis e, também nesta segunda-feira, enfrenta o Uruguai no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Portanto, a seleção de Messi precisa vencer a fraca Bolívia, que sequer pontuou, para confirmar o primeiro lugar na chave independentemente do resultado do confronto entre paraguaios e uruguaios.

O Uruguai – já classificado – tem quatro pontos e está em quarto lugar. Se derrotar o Paraguai e a Argentina – o que parece bastante improvável – perder para a Bolívia, ainda poderá chegar ao primeiro lugar do Grupo A da Copa América do Brasil.

O jogo entre Argentina e Bolívia será transmitido ao vivo para todo o Brasil pelo Canal ESPN Brasil. O confronto entre Uruguai e Paraguai, que também pode conquistar o primeiro lugar da chave, terá a transmissão do Fox Sports.