América (MG) com time limitado sonha alto na Copa do Brasil

0
84
América (MG)

O América (MG) já tinha feito uma boa campanha no campeonato mineiro deste ano e quase chegou a mais uma final em sua história. Na Série B está na vice-liderança e dificilmente deixará de regressar à divisão de elite do futebol brasileiro. Mas o sucesso do simpático Coelho de Belo Horizonte na temporada não para por aqui e a equipe está muito perto de chegar à semifinal da Copa do Brasil.

Na última quarta-feira o América surpreendeu o poderoso Internacional (RS), atual líder da Série A do Brasileirão, e venceu por 1 x 0 o primeiro jogo das quartas de final em pleno Estádio Beira-Rio. Agora decidirá a vaga em Minas Gerais precisando apenas empatar.

Comandado pelo sempre folclórico, mas competente técnico Lisca, verdadeiro ídolo da torcida americana, o time mineiro tem se destacado este ano por um forte conjunto, luta constante pela posse de bola e um ataque oportunista e perigoso.

A equipe tem um dos artilheiros da Copa do Brasil, o atacante Rodolfo, com seis gols, ao lado de Leo Gamalho (ex-CRB), Nenê (Fluminense) e Brenner do São Paulo. Na luta pela artilharia, porém, apenas o jogador são paulino ainda compete no momento com o atleta do América (MG).

Lisca exaltou a vitória sobre o Internacional e Porto Alegre e elogiou o elenco que tem em mãos. O treinador enfatizou em entrevista ao término da partida que seus jogadores têm sido muito unidos e dedicados, seguindo à risca suas orientações em campo.

O América (MG) agora espera agora seguir o exemplo de equipes de menor porte como o Juventude (RS), Criciúma (SC) e outros que conquistaram a Copa do Brasil ao longo da história. Do jeito que tem atuado o sonho pode não estar longe de tornar-se realidade.