Cruzeiro tenta reverter vantagem do Náutico pela Copa do Brasil

0
174
Foto: Divulgação/Cruzeiro

O Cruzeiro precisa vencer o Náutico por pelo menos dois gols de diferença nesta terça-feira às 19 horas, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, para avançar para as oitavas de final da Copa do Brasil sem a necessidade de cobranças de pênaltis. O Timbu pode até empatar para ficar com a vaga.

No jogo de ida da terceira fase do torneio nacional o Timbu ganhou por 1 x 0 em Recife e construiu a vantagem. se a Raposa devolver o placar a definição ocorrerá fora do tempo regulamentar. Por conta da vantagem do empate, o alvirrubro tende a adotar um esquema mais fechado, explorando os contra-ataques.

O time mineiro derrotou o Grêmio por 1 x 0 no último final de semana pela segunda rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, o que serviu para acalmar um pouco os ânimos da torcida. Apesar de ter conseguido o sonhado retorno à elite após passar três anos na divisão de acesso, a equipe azul não foi muito bem no estadual, eliminado pelo América (MG) ainda nas semifinais.

A vaga na próxima fase da Copa do Brasil valerá aos cofres do classificado R$ 3,3 milhões, um importante reforço financeiro para qualquer agremiação. Os canais SporTV e Premiere transmitirão ao vivo para todo o País o duelo entre mineiros e pernambucanos no Independência a partir das 18h50.

O técnico Pepa, do Cruzeiro, não terá novidades em relação ao time que enfrentou o Grêmio pelo Brasileirão. Com problemas físicos, Reynaldo e Daniel Jr. permanecem de fora. Henrique Dourado já está regularizado e pode estrear com a camisa azul estrelada, mas a tendência é que o treinador o mantenha no banco, entrando no segundo tempo, se necessário.

No Náutico, o treinador Dado Cavalcanti deverá usar o volante paraguaio Juan Guato na vaga do meia Matheus Carvalho, dando mais proteção à zaga e aproveitando que o regulamento da competição dá aos pernambucanos a vantagem do empate para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil.

O juiz da partida será Luiz Flávio de Oliveira, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Daniel Paulo Ziolli, todos da Federação Paulista. No VAR estará Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN).

Escalações:

Cruzeiro: Rafael Cabral; William, Lucas Oliveira, Luciano Castán e Marlon; Richard, Ramiro (Filipe Machado) e Mateus Vital; Bruno Rodrigues, Nikão (Wesley ou Bilu) e Gilberto.

Náutico: Vagner; Victor Ferraz, Odivan, Denilson e Diego Matos; Jean Mangabeira, Juan Gauto e Souza; Paul Villero, Jael (Júlio) e Kayon.