Vasco não evita pênaltis mas passa pelo Goiás na Copa do Brasil

0
98
Vasco classificado
Fernando Miguel (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O Vasco venceu na noite desta quarta-feira o Goiás, em Goiânia, por 2 x 1 no tempo normal e, nas cobranças de pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Fernando Miguel, que pegou duas bolas de batedores esmeraldinos e garantiu a classificação da equipe carioca.

Foi um jogo movimentado e o Goiás, mesmo com a vantagem de ter vencido a primeira partida por 1 x 0 em São Januário antes da paralisação por causa da pandemia de Covid-19, começou bem mais ofensivo. Como tem sido uma rotina nos tempos do Vasco com o técnico Ramon, o time demorou um pouco para pegar o ritmo da partida e preferiu esperar nos contra-ataques, mesmo precisando de uma vitória por dois gols para evitar os pênaltis.

Fernando Miguel começou a aparecer já aos12 minutos, quando espalmou um chute perigoso de Victor Andrade. Aos poucos, entretanto, a equipe carioca equilibrou as ações e aos 24 Thalles Magno chutou para a defesa difícil de Tadeu, que mandou paro escanteio.

Aos 32 o gol. Henrique tentou cruzar, a bola desviou na zaga e bateu na trave direita, bateu no goleiro Tadeu em seguida e entrou. O árbitro assinalou na súmula gol de Henrique, o primeiro da carreira do lateral-esquerdo, que está no Vasco desde 2013.

O Goiás se lançou ao ataque e empatou aos 43 com Rafael Vaz, aproveitando rebatida da zaga vascaína. No segundo tempo os dois times abusaram de perder gols e apenas Benitez fez, aos 4 minutos, num chute de fora da área que desviou e entrou nas redes esmeraldinas. Cano desperdiçou a chance mais clara de marcar e no contra-ataque foi a vez de Rafael Moura mandar muito perto do gol carioca. Resultado da ineficiência dos ataques, 2 x 1 no tempo normal e a cobrança de pênaltis tornou-se inevitável. 

Fernando Miguel pegou dois e o Vasco na quarta fase da Copa do Brasil em uma classificação que poderia ser bem mais tranquila se os cariocas entrassem mais cedo no espírito da partida. O próximo adversário será conhecido em sorteio na CBF.