Deschamps pode repetir feito de técnico italiano nos anos 30

0
44
Foto: Prefeitura de Paris

Além de já ter conquistado copas do mundo como jogador, em 1998, e treinador em 2018, na Rússia, Didier Deschamps poderá entrar para um seletíssimo rol de técnicos que não admite novos membros desde os distantes anos 30.

Se conquistar o Mundial do Catar neste domingo, batendo a Argentina na final no Estádio Lusail, em Doha, o treinador francês vai igualar o italiano Vittorio Pozzo. Este último dirigiu a seleção da Azzurra nas conquistas de 1934 e 1938 e desde então nenhum outro técnico conseguiu duas taças em sequência em copas do mundo.

Didier Deschamps chegou a viver momentos de muita turbulência, mas segue forte no comando da França há dez anos. Em 1998, quando os franceses conquistaram sua primeira copa, realizada em seus próprios domínios, Deschamps era o capitão do time que derrotou o Brasil na decisão pelo elástico placar de 3 x 0 e um show de Zinedine Zidane.

O treinador francês é muito respeitado em seu país e famoso por seus discursos fortes, mas motivadores, capazes de levantar o astral dos jogadores e mudar o que parecia ser uma derrota certa. A atual geração do futebol francês tem ajudado bastante o trabalho do treinador, com atletas de muito talento na seleção.

Lidar com o ego de jogadores como o jovem Mbappé ou o veterano Karim Benzema não é nada fácil, mas Deschamps tem conseguido com sucesso unir o grupo e está muito perto de escrever definitivamente seu nome na história do futebol mundial.

Contra a Argentina na partida decisiva da Copa do Catar o grande desafio será anular as ações de Lionel Messi, considerado por muitos o maior jogador do mundo e já tendo conquistado várias vezes a Bola de Ouro. Messi atua no Paris Saint Germain junto com Mbappe, estrela do futebol francês, e por isto conhece o estilo de jogo da seleção europeia.

A grande final entre Argentina e França será transmitida ao vivo para todo o Brasil a partir das 12 horas (horário de Brasília) pela Rede Globo de Televisão e o canal a cabo SporTV. Dia de jogão no Estádio Lusail, em Doha e o vencedor conquistará o tricampeonato mundial.