Atlético (MG) visita o Libertad pela Taça Libertadores

0
123
Foto: CAM/Divulgação

O Atlético (MG) enfrenta o Libertad do Paraguai nesta terça-feira às 19 horas (de Brasília) no Estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, pela última rodada do Grupo G da Taça Libertadores. O time mineiro ainda não venceu sob o comando do técnico Luiz Felipe Scolari, que substituiu Eduardo Coudet, mas tem uma situação confortável para conseguir avançar para a fase de mata-mata da competição internacional.

O Libertad é o terceiro colocado do grupo, com seis pontos, e para se classificar para a próxima etapa do torneio continental precisará vencer os brasileiros por mais de um gol de diferença. O time conquistou o Apertura do Campeonato Paraguaio com três rodadas de de antecedência e vem de um período de 18 dias sem jogos por causa da Data Fifa.

O Galo vem de um empate e uma derrota pelo Brasileirão com Scolari no banco. O veterano treinador, campeão do mundo pela Seleção Brasileira, fará sua estreia na Libertadores com o alvinegro de Belo Horizonte. O Atlético (MG) tem nove pontos e está na segunda posição de sua chave.

Para o confronto com o Galo o Libertad terá a volta do meia-atacante Lorenzo Melgarejo, que se recuperou de uma contusão. Campunazo está suspenso e Merlini e Caballero também estão recuperados de lesões e poderão entrar no decorrer da partida no Defensores Del Chaco. A tendência, porém, é que comecem no banco por estarem sem ritmo de jogo.

Scolari tem como desfalques Hyoram, com entorse no tornozelo direito, e Bruno Fuchs, com o músculo posterior da coxa lesionado. Maurício Lemos e Igor Gomes deverão ser acionados para a partida desta terça-feira à noite no Paraguai.

O confronto entre Libertad e Atlético (MG) será transmitido ao vivo para todo o Brasil somente pelo canal ESPN a partir das 19 horas (horário de Brasília). A arbitragem é toda da Argentina e no apito estará Fernando Rapallini, auxiliado por Diego Bonfa e Christian Navarro. No VAR estará Jorge Baliño.

Prováveis escalações:

Libertad: Martín Silva; Ivan Piris, Diego Viera, Alexander Barboza e Nestor Gimenez; Christian Rivero, Diego Gómez e Enso González; Hector Villalba, Lucas Sanabria e Oscar Cardozo.

Atlético (MG): Everson; Mariano, Jemerson, Maurício Lemos e Guilherme Arana; Battaglia, Zaracho e Edenilson (Igor Gomes), Pavon, Paulino e Hulk.