Com 60 mil no Maracanã, Flu encara o River pela Libertadores

0
177
Foto: FFC/Divulgação

Naquele que é o jogo mais aguardado da Taça Libertadores de 2023 até o momento, o Fluminense será recebido com muita festa por mais de 60 mil torcedores no duelo desta terça-feira com o River Plate no Maracanã, às 21 horas, pelo Grupo D da competição internacional. A torcida tricolor promete uma grande festa para receber a equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz.

Apesar da derrota para o Fortaleza por 4 x 2 na última rodada do Brasileirão, quando o treinador poupou alguns atletas para o jogo desta terça-feira, o otimismo dos torcedores segue nas alturas. O Fluminense lidera o grupo com seis pontos em dois jogos e o adversário, de muita tradição, mas que não atravessa uma boa fase, está em terceiro com três, empatado com o The Strongest (BOL), mas com pior saldo de gols.

O tradicional e sempre forte River Plate é tetracampeão da Libertadores e está há seis jogos sem perder uma partida. Os argentinos perderam para os bolivianos na estreia, jogando na altitude, mas depois se recuperaram e derrotaram o Sporting Cristal em Buenos Aires na segunda rodada.

Para o confronto com os argentinos Diniz terá o retorno do experiente Marcelo, principal contratação do clube para a temporada, que se recuperou de um problema muscular na panturrilha esquerda. Com isso, Alexsander deverá ser aproveitado mais uma vez no meio de campo, onde já teve boas atuações. Uma vitória sobre o River nesta terça-feira encaminhará bastante a classificação do tricolor carioca para a próxima fase.

Entre os argentinos o técnico Martín Demichellis não terá o zagueiro Paulo Díaz, com uma lesão na coxa esquerda, e o lateral-esquerdo Enzo Díaz, suspenso por ter sido expulso contra o Sporting Cristal a última rodada do grupo. Em seus lugares deverão entrar, respectivamente, Mammana e Herrera.

O confronto entre o Fluminense e o River Plate no Maracanã, pela Taça Libertadores, será transmitido ao vivo para todo o Brasil pelo canal ESPN. O árbitro da partida será o uruguaio Esteban Ostojich, auxiliado por Nicolas Taran e Carlos Barreiro, também uruguaios. No VAR estará o chileno Angelo Hermosilla.

Escalações:

Fluminense: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo e Marcelo; André, Alexsander e Ganso; Arias, Keno e Cano.

River Plate: Armani; Herrera, González Pirez, Mammana e Casco; Aliendro, Pérez e De La Cruz; Nacho Fernández, Barco e Beltrán.