Flamengo enfrenta o Palestino no Chile pela Libertadores

0
92
Libertadores

Ainda atravessando má fase na temporada, o Flamengo tem nesta terça-feira o desafio de enfrentar o Palestino pela Libertadores no Estádio Municipal Francisco Sánchez Rumoroso, no Chile. O duelo começará às 21 horas (de Brasília).

Os dois times fazem parte do Grupo E da competição internacional, liderado pelo Bolívar com 100%de aproveitamento. O Flamengo está na segunda posição, com quatro pontos, um a mais que o próprio Palestino, o que aumenta a importância de um bom resultado no jogo de hoje para avançar para as oitavas de final da Libertadores.

O Flamengo faz uma campanha apena mediana no Brasileirão e empatou seu último compromisso, contra o Bragantino em Bragança Paulista, por 1 x 1. O time carioca fez um péssimo primeiro tempo, mas na volta do intervalo atuou de maneira mais incisiva e quase conseguiu a virada fora de casa.

O Palestino está em segundo lugar no Campeonato Chileno, com 21 pontos, empatado com com o Coquimbo Unido, dono do estádio no qual acontecerá hoje o jogo contra o Flamengo. em seu último compromisso pelo campeonato nacional o Palestino venceu o Copiapó por 3 x 1 e tem boa chance de brigar pelo título local.

Para o confronto de hoje o técnico Tite do Flamengo deverá promover o retorno de Everton Cebolinha, já recuperado de uma lesão na panturrilha, que o tirou dos cinco últimos jogos do rubro negro carioca. Luiz Araújo tem chance de também retornar aos titulares, mas Bruno Henrique poderá começar jogando no ataque.

O Palestino, treinado por Pablo Sánchez, não terá o atacante Gonzalo Sosa, que está em tratamento de um estiramento da coxa. O técnico tem dúvidas em duas posições: lateral direita e meio de campo.

O confronto entre Palestino e Flamengo pelo Grupo E da Libertadores terá a transmissão direta ao vivo pelo canal ESPN a partir das 20h50. O trio de arbitragem é todo do Uruguai e terá no apito Esteban Ostojich, auxiliado por Nicolás Tarán e Martín Soppí. No VAR estará Andrés Cunha, também da Federação Uruguaia.