Fluminense complica classificação que parecia encaminhada na Copa Libertadores

0
35
Foto: Site Oficial do Fluminense

As coisas pareciam bem encaminhadas para o Fluminense na Copa Libertadores da América. Bastaria uma vitória sobre o Junior Barranquilla no Estádio do Maracanã na noite da última terça feira, pela quinta rodada do Grupo D da competição continental, que o passaporte para as oitavas de final estaria carimbado. O pior, porém, aconteceu e agora o tricolor carioca terá uma missão muito difícil para avançar no torneio.

O tricolor jogou muito mal no confronto no Maracanã, perdeu por 2 x 1 para os colombianos, e terá de decidir a vaga contra a forte equipe do River Plate em confronto que ocorrerá em Buenos Aires. Como reza o ditado popular, “deu chance ao azar” e corre sério risco de desclassificação.

O Fluminense ainda se manteve em primeiro lugar no grupo, com oito pontos, dois a mais que o próprio River, que poderá passar os brasileiros neta quarta-feira quando enfrentará em casa o lanterna da chave, o Santa Fé.

O Junior, que derrotou o tricolor na última terça-feira, está em terceiro com seis pontos e na última rodada vai também jogar contra o Santa Fé, mas fora de casa. Para ficar seguro da classificação o Fluminense precisa, de preferência, vencer o River na Argentina, pois mesmo atuando em seus domínios o Santa Fé tem demonstrado ser uma equipe muito fraca e tem apenas dois pontos no torneio continental. O time também poderá já entrar desclassificado em campo para seu último compromisso, contra os colombianos.

O Fluminense agora gira a chave e disputará a segunda partida da decisão do Cariocão contra o Flamengo no sábado à noite no Maracanã. Por mais que o estadual mereça respeito por sua tradição e rivalidade, a verdade é que o peso da Libertadores é muito maior e o tricolor carioca não deveria ter entrado com tanta displicência para o jogo contra o Junior Barranquilla. Pode custar muito caro.