Palmeiras vence o Santos nos acréscimos e conquista bi da Libertadores

0
52
Palmeiras Campeão
Foto: César Greco / Palmeiras

Palmeiras é bicampeão da Copa Libertadores após derrotar por 1 x 0 o Santos com um gol de Breno Lopes marcado aos 50 minutos do segundo tempo, pouco depois de o técnico Cuca do Peixe ter se envolvido em uma confusão e ser expulso de campo. O fato claramente desconcentrou a defesa do alvinegro, que bobeou e levou o tento mortal quando a partida já caminhava para a prorrogação.

O jogo realizado neste sábado foi muito truncado, com os goleiros praticamente como espectadores privilegiados. Cientes de que a decisão da Libertadores seria em partida única realizada no Maracanã, as equipes se respeitaram demais e praticamente não arriscaram muito ao longo dos 90 minutos.

Tanto o Palmeiras quanto o Santos fizeram um jogo de muita aplicação tática e anulação das peças ofensivas do adversário. Outra característica do confronto foi o elevado número de faltas duras, algumas delas sobre o mesmo jogador, o craque Marinho do Peixe, que não esteve em um bom dia no Maracanã.

Após um primeiro tempo de muito equilíbrio o Palmeiras voltou ligeiramente melhor na segunda etapa, mas a decisão continuava muito amarrada. O meia Raphael Veiga do Palmeiras protagonizou um dos lances mais perigosos ao bater uma falta pelo lado direito do ataque do Verdão. A bola passou a poucos centímetros do travessão da meta defendida pelo goleiro John, que já estava batido.

O bom técnico português Abel Ferreira, que conquistou o primeiro título de sua carreira – sacou Gabriel Menino e colocou em campo aquele que seria um dos grandes protagonistas do bicampeonato palmeirense na Libertadores, o atacante Breno Lopes, que marcou de cabeça o gol do título aos 50 minutos do segundo tempo.

Lamentavelmente para a torcida do Santos o outro protagonista foi o técnico do Peixe Cuca. Pouco antes do gol do título do alviverde o treinador envolveu-se em uma confusão com Marcos Rocha na beira do campo e depois de um bate-boca e empurra-empurra entre atletas dos dois times acabou expulso.

Com os ânimos à flor da pele os jogadores do Peixe se desconcentraram na defesa e após um primoroso lançamento de Rony pela direita Breno Lopes subiu alto e marcou de cabeça sem que o goleiro John pudesse fazer qualquer coisa. Palmeiras bicampeão da Libertadores!