Santos e Palmeiras chegam à quinta final de Libertadores cada um

0
169
Santos vs Palmeiras

Numa final marcada pelo ineditismo em relação ao palco do confronto único – pela primeira vez o Maracanã receberá a decisão de uma Copa Libertadores – Santos e Palmeiras medirão forças pelo título da maior competição do continente americano.

Cada um dos postulantes chegou à final do torneio quatro vezes ao longo da história e o Peixe levou o caneco em três oportunidades, duas delas nos tempos do grande time dos anos 60 com Pelé e Cia. E outra em 2011, quando derrotou o Peñarol do Uruguai na grande decisão. O Palmeiras levantou a taça em 1991 e perdeu em outras três tentativas.

Trata-se apenas da terceira final entre clubes brasileiros na história do torneio. A primeira delas aconteceu em 2005, quando o São Paulo bateu o Athletico (PR) na decisão e ficou com a taça. No ano seguinte o mesmo tricolor do Morumbi acabou derrotado pelo Internacional (RS) e os gaúchos comemoraram.

A decisão desta edição da Libertadores está marcada para o dia 30 deste mês, às 17 horas no Maracanã. O “maior do mundo” jamais serviu de palco para uma final do torneio e apenas o Botafogo teve a honra de comemorar um título continental no estádio, quando conquistou a Copa Conmebol em confronto com o Peñarol.

A última conquista do Santos foi em 2011, quando era comandado por Muricy Ramalho e derrotou o Peñarol por 2 x 1 no Pacaembu, depois de empatar sem gols com o adversário em Montevidéu. Já o Palmeiras chega à finalíssima depois de quase 22 anos. Em 1999 o Verdão venceu o Deportivo Cali da Colômbia no tempo normal e nos pênaltis em confronto realizado na cidade de São Paulo.

A classificação do Palmeiras para a decisão da Libertadores 2020 vem após uma esmagadora vitória por 3 x 0 obre o River Plate em Buenos Aires e derrota por 2 x 0 em São Paulo. O Santos passou e maneira bem mais tranquila pelas semifinais, empatando de 0 x 0 com o Boca Juniors na capital argentina e goleando o tradicional adversário portenho por 3 x 0 no Brasil.