São Paulo encara LDU pela Sul-Americana

0
43
Foto: Rubens Chiri/São Paulo F.C.

O São Paulo tem jogo duro nesta quinta-feira às 19 horas (de Brasília), em Quito, contra a sempre perigosa LDU, do Equador, na partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana. O confronto de volta ocorrerá na próxima semana no Estádio do Morumbi, na capital paulista.

O tricolor vem de duas classificações nas quais conseguiu reverter as vantagens dos adversários, contra o Corinthians pelas semifinais da Copa do Brasil e San Lorenzo na própria Sul-Americana. O São Paulo teve a melhor campanha do torneio continental na fase de grupos e só levou um gol na competição, contra o San Lorenzo na Argentina.

A LDU teve dificuldade para se classificar na fase anterior da Sul-Americana. A equipe equatoriana venceu o Ñublense fora de casa por 1 x 0, mas perdeu em Quito por 3 x 2 e só avançou nas cobranças de penalidades. O grande destaque dos donos da casa é o atacante Paolo Guerrero, que jogou com muito sucesso no Corinthians, maior rival do próprio São Paulo.

O técnico são paulino, Dorival Júnior, pela primeira vez poderá contar com os recém-contratados James Rodrigues e Lucas Moura em uma partida válida pela Taça Libertadores. O colombiano começará no banco de reservas e Luca está escalado entre os titulares para o duelo com a LDU em Quito.

Os donos da casa terão a equipe praticamente completa para o compromisso com o São Paulo. O meia Jhojan Júlio, que já atuou pelo Santos, está totalmente recuperado de uma lesão e poderá ser escalado pelo técnico Luís Zubeldía. Ele deverá ser o parceiro de Guerrero no ataque dos equatorianos.

O confronto entre LDU e São Paulo pela Sul-Americana será transmitido ao vivo para todo o Brasil pela ESPN a partir das 19 horas (horário de Brasília). A arbitragem será colombiana, comandada por Jhon Ospina, que terá como assistentes Dionísio Ruiz e Jhon Leon. No VAR estará Jhon Perdomo.

Prováveis escalações:

LDU: Domínguez; Quintero, Adê, Rodríguez e Quiñonez; Piovi e Maurício Martinez; Ibarra, Jhojan Júlio, Alvarado e Guerrero.

São Paulo: Rafael; Rafinha, Arboleda, Beraldo e Wellington; Gabriel Neves (Luan), Alisson, Rodrigo Nestor e Wellington Rato (Luciano); Lucas Moura e Calleri.