Campeonato Francês terá dois clubes a menos a partir da temporada de 2023/2024

0
155
Ligue 1

A elite do futebol francês ficará restrita a um número ainda menor de clubes a partir da temporada de 2023/2024. A Liga de Futebol Profissional da França, entidade máxima do esporte no país europeu, anunciou nesta quinta-feira que a Ligue 1 passará a ter 18 participantes, dois a menos que o atual modelo da competição.

O objetivo é reduzir o calendário, que passará a ter 34 rodadas e não mais 38. A decisão foi tomada na sede da entidade e apenas o Metz se opôs à redução de clubes na principal liga do país. O presidente da entidade máxima do futebol francês, Vincent Labrune, comentou a mudança no calendário.

– Trata-se de uma decisão muito boa que demonstrou que o futebol francês está realmente unido no objetivo de promover reformas mais profundas no futuro, o que já é mais do que necessário – enfatizou Vincent Labrune.

Na temporada der 2022/2023 quatro clubes serão rebaixados para a Ligue 2, mas apenas dois serão promovidos. Inicialmente, a segunda divisão francesa terá 20 participantes, mas também poderá por uma redução nos próximos anos.

Depois da mudança a questão de rebaixamento e acesso entre as Ligues 1 e 2 terá a queda dos dois últimos da elite e a subida dos dois primeiros da segundona. O antepenúltimo da primeira jogará um playoff com o terceiro colocado da segunda.

Na temporada de 2020/2021, recém-encerrada, o campeão francês, após dez anos de jejum, foi o Lille, que terminou a competição nacional com 83 pontos, um a mais que o então favorito Paris Saint Germain do brasileiro Neymar e do jovem craque Mbappé, entre muitas outras estrelas. O clube da capital acabou eliminado na semifinal da Champions e ainda perdeu o título francês.