Arsenal vive pesadelo e se aproxima da zona de rebaixamento

0
44
Arsenal

Um dos mais tradicionais clubes da Inglaterra e com uma legião de torcedores em todo o mundo – inclusive a própria Rainha Elizabeth -, o Arsenal vive um pesadelo na Premier League deste ano. Está em 15º lugar, com 14 pontos em 14 jogos e cada vez mais próximo da zona de rebaixamento do campeonato inglês.

O clube londrino – recordista de títulos da Copa da Inglaterra – perdeu por 2 x 1 para o Everton na última rodada, em partida realizada em Liverpool, e já soma sete jogos sem vencer na competição. Se não ganharem na próxima rodada do Chelsea, no Emirates Stadium, os Gunners vão igualar seu recorde negativo de oito partidas na temporada, registrado em 1992/1993.

O Arsenal está a dez pontos do primeiro clube da zona de classificação para a Champions League, no momento o Leicester. Os Gunners não disputam o principal torneio europeu há cinco anos e aparentemente ficarão mais tempo longe, pois sua principal preocupação no momento tem sido manter-se bem longe da zona de rebaixamento.

Os Gunners estão apenas cinco pontos na frente do Fulham, primeiro clube na zona do degola, que ainda jogará na rodada contra o Newcastle e poderá diminuir a diferença para a equipe da capital inglesa, aumentando o drama do time do coração da rainha.  

Com problemas financeiros como muitos clubes pelo mundo – por conta da pandemia de Covid-19 – ao Arsenal interessa muito aumentar suas receitas, porém do jeito que tem jogado tudo se torna muito mais difícil no momento.

O técnico do Arsenal, o ex-jogador espanhol Mikel Arteta, está muito pressionado no cargo e não tem conseguido mudar a tendência de queda da equipe. Uma nova derrota na próxima rodada para o Chelsea poderá custar muito caro para Arteta. Muitos torcedores e parte dos dirigentes dos Gunners consideram o treinador muito jovem para o cargo.