Chapecoense, desfalcada, visita o Ceará pela Série B

0
161
Imagem: Divulgação

Assim como aconteceu na derrota para o Sampaio Corrêa (MA) na última rodada da Série B por 1 x 0, em plena Arena Condá, em Chapecó, a Chapecoense mais uma vez entrará com desfalques em um compromisso do torneio contra o Ceará neste sábado às 19 horas, na Arena Castelão, em Fortaleza.

A Chapecoense está em 16ª posição na tabela de classificação, com nove pontos, só um a mais que o Avaí, time que no momento abre a zona de rebaixamento. A equipe de Chapecó trocou de técnico para tentar reverter a má campanha que faz no Brasileirão e passará a ser comandada por Gilmar Dal Pozzo. O novo treinador, porém, só assumirá o elenco no próximo sábado e só estreará no próximo sábado contra o Vila Nova na Arena Condá.

Contra o Ceará nesta sexta-feira, a Chape será dirigida pelo técnico de sua equipe sub-20, Emerson Cris, que tem alguns problemas para escalar o time que enfrenta o Ceará pela décima rodada da Série B fora de casa, num jogo considerado muito difícil por causa da força que a equipe cearense tem quando atua diante de sua torcida.

Entre os problemas da Chapecoense estão os desfalques confirmados do zagueiro Victor Ramos, capitão da equipe, que sentiu um desconforto muscular e o meio campista Gabriel Xavier, que substituiu Bruno Nazário, também está lesionado na coxa direita. O atacante Murilo está gripado e também não enfrentará o Ceará nesta sexta-feira. O atacante Maxwell, que sofreu um trauma na coluna cervical contra o Sampaio Corrêa, é outro desfalque certo do Verdão do Oeste.

O Ceará está em décimo lugar, com 13 pontos, e na última rodada, perdeu em casa para o Novo Horizontino por 3 x 0. O técnico do Vozão, Eduardo Barroca, não terá Gabriel Lacerda e Tiago Pagnussat, suspensos. O zagueiro Luiz Otávio, que sentiu um desconforto na parte posterior da coxa na última rodada, não participou do último treinamento, e é dúvida para o alvinegro cearense.

O duelo entre Ceará e Chapecoense será transmitido ao vivo pelo Canal Premiere para todo o Brasil, a partir das 18h50. O juiz da partida será Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Leandro dos Santos Rubedo. No VAR estará Caio Max Augusto Vieira (RN).