Atlético (MG) não renova com Hyoran e Rodrigo Caetano seguirá no clube como diretor de futebol

0
69
Foto: site oficial do Atlético MG

A diretoria do Atlético (MG) decidiu não prorrogar o contrato do meia Hyoran e já informou pelas redes sociais que o jogador está liberado para negociar com outros clubes. O Galo agradeceu ao atleta por seus serviços prestados desde que chegou em Belo Horizonte em 2020, tendo conquistado alguns títulos importantes no período.

Hyoran fez em quase quatro anos de Atlético 115 jogos, marcando 16 gols e dando 13 assistências.  Ele chegou a ser emprestado ao Bragantino em 2022, clube no qual fez 43 jogos e assinalou seis tentos, com seis assistências. Seu melhor momento em Belo Horizonte aconteceu quando Eduardo Coudet era o técnico do Galo. Em 2023, porém, o meia sofreu uma contusão no tornozelo em junho e não participou de seis jogos da temporada. Depois de regressar em duelo com o Palmeiras pela Libertadores Hyoran teve uma nova lesão, o que prejudicou bastante seu desempenho.

Se Hyoran está saindo, o diretor de futebol Rodrigo Caetano, pretendido pela nova diretoria do Corinthians, resolveu ficar no Atlético (MG). Ele tem contrato com o clube mineiro até o final de 2026, mas a partir de 1º de janeiro do próximo ano pode sair sem pagar multa em caso de rescisão. Mesmo assim, o profissional não deixará o Galo, onde tem se sentido muito à vontade.

Com uma grande arrancada no final do Brasileirão, apesar da derrota de goleada para o Bahia na última rodada da competição nacional, o Atlético terminou a Série A de 2023 na terceira posição e com vaga direta assegurada para a fase de grupos da próxima edição da Taça Libertadores. O Galo teve 66 pontos, empatado com o Flamengo, mas na frente dos cariocas por ter tido um melhor saldo de gols ao longo do torneio.