Cantos homofóbicos da torcida podem tirar pontos do Corinthians

0
331
Foto: Divulgação

Como se não bastassem os problemas dentro das quatro linhas, com o time em péssima situação na tabela de classificação, o Corinthians ainda poderá sofrer ações de um grupo de torcedores durante o clássico contra o São Paulo no último domingo, na Neo Química Arena, que terminou empatado em 1 x 1.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) deverá de denunciar o clube do Parque São Jorge por cantos supostamente homofóbicos de alguns de seus torcedores durante a partida contra o tricolor do Morumbi. Se isto de fato ocorrer e o Timão for condenado o alvinegro poderá perder pontos na competição e ainda ser multado.

Durante o confronto alguns corintianos gritaram a palavra “bicha” para seus adversários e entoaram alguns cantos que, segundo o STJD, configurariam um ato de preconceito e deveriam ser punidos. Em tempos de rigor neste tipo comportamento que alguns consideram até excessivo, o fato é que o alvinegro corre, sim, o risco de ser punido.

O artigo 134 do Regulamento Geral de Competições (RGC) de 2023 prevê, apenas como advertência, multa de até R$ 500 mil a ser revertida em prol de causas sociais. Além disto, o mesmo item do RGC-23 aponta a possibilidade de perda de pontos do clube por causa do comportamento de seus torcedores.

A diretoria do Corinthians agiu rapidamente e liberou uma nota oficial repudiando veementemente o comportamento de seus torcedores com seus cantos homofóbicos e enfatizando que não compactua com tais ações nas dependências da Neo Química Arena, sempre esclarecendo aos presentes sobre a ilegalidade de tais condutas.

A denúncia contra o Corinthians pode ser feita a qualquer momento pelo STJD, o que obviamente causará ainda mais problemas ao clube, cujo elenco sofre na disputa do atual Campeonato Brasileiro. No momento o Timão ocupa apenas a 17ª posição na tabela, portanto na zona de rebaixamento do torneio.