O futebol está de luto: morre na Argentina Diego Maradona, aos 60 anos

0
123
Maradona

O futebol perdeu nesta quarta-feira um de seus maiores nomes em todos os tempos e campeão da Copa do Mundo em 1986 pela Argentina, o ex-meia atacante Diego Maradona. Ele estava em sua residência em Tigre quando teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu.

Maradona tinha passado por uma cirurgia no cérebro no início deste mês e seu médico particular, Leopoldo Luque, destacou na ocasião que o procedimento não era dos mais complexos, mas que estava preocupado com a condição de saúde do ex-atleta.

Maradona nasceu no dia 30 de outubro de 1960 em Lanús, na Argentina, e era técnico do Gimnasia y Esgrima. Dom Diego, ou “El Pibe” (a criança, em espanhol), alguns dos apelidos do grande craque argentino ao longo de sua vitoriosa carreira como jogador, brilhou mais intensamente durante a Copa do Mundo de 1986, quando levou seu país a conquistar o segundo título da mais importante competição do futebol mundial. 

Seus gols contra a Inglaterra naquela Copa entraram na história. Um deles considerado o mais belo de toda a história, depois de driblar vários adversários e mandar para as redes inglesas. No outro ele fez o gol com a mão e mais tarde declarou em entrevista que seria “la mano de Dios”.

Torcedor fanático do Boca Juniors, Maradona teve a oportunidade de jogar pelo seu time de coração e atuou também em muitos outros clubes. Também teve uma grande passagem pelo Napoli da Itália, que conquistou os dois únicos campeonatos nacionais de sua história com o argentino em campo. 

O argentino também levou o Napoli ao seu único título internacional, uma Copa da Uefa em 1988-1989 vencendo na final o Stuttgart por 2 x 1 em Nápoles e empatando de 3 x 3 na Alemanha.

Juntamente com Pelé, Garrincha, Beckenbauer e Cruyff, entre outros, Maradona sempre é listado como um dos “monstros sagrados” do futebol em todos os tempos. O esporte com certeza está de luto!