Penalidade Máxima: lateral do Cuiabá é suspenso por 30 dias

0
319
Foto: Divulgação/Assessoria do Cuiabá

O lateral-direito Mateusinho, do Cuiabá, foi suspenso preventivamente por 30 dias pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e ficará de fora dos jogos do time de Mato Grosso pelo Campeonato Brasileiro. O atleta está entre os suspeitos de manipulação de resultados em partidas de futebol.

O jogador está sendo investigado pela Operação Penalidade Máxima do Ministério Público de Goiás e estava previsto que entraria em campo neste sábado contra o Coritiba pela oitava rodada da Série A do Brasileirão, o que acabou não acontecendo por causa da decisão do STJD.

A denúncia foi feita pela Procuradoria de Justiça Desportiva e outros quatro atletas foram citados e também estão suspensos: Allan Godói e Paulo Sérgio, do Operário do Paraná, André Queixo, do Ituano (SP) e Ygor Catatau, do Sampaio Corrêa (MA). Segundo o ofício que determinou o afastamento o caso pode ser considerado gravíssimo, por isto justificava-se a medida contra os jogadores.

Em 2022, quando defendia o Sampaio Corrêa, Mateusinho teria aceitado cometer um pênalti na etapa inicial do jogo contra o Londrina valendo pela última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O MP de Goiás conseguiu, inclusive, obter trocas de algumas mensagens do lateral do Cuiabá com apostadores envolvidos no esquema investigado pela Operação Penalidade Máxima, comprometendo bastante o jogador.