Problemas técnicos emperram venda de ingressos para a final do Carioca

0
211
Foto: Marina Garcia/Fluminense

A venda de ingressos para o segundo e decisivo jogo da final do Campeonato Carioca de 2023, entre Fluminense e Flamengo, iniciada na manhã desta terça-feira pelo tricolor das Laranjeiras, já tem causado algum aborrecimento entre os sócios do clube, que estão tendo dificuldade para fazerem o check-in.

Muitos torcedores reclamam nas redes sociais que não estão conseguindo fazer reservas para o Fla-Flu do dia 9 de abril no Maracanã, às 18 horas, quando o tricolor terá o mando do campo. O clube chegou a emitir duas notas oficiais para acalmar seus sócios e explicar o que estaria acontecendo.

Na primeira destas novas a diretoria do Fluminense alegou que a fornecedora do sistema do Sócio Futebol estaria tendo problemas técnicos. Pouco tempo depois um segundo comunicado prometia aos sócios que tudo seria regularizado até, no máximo, 17 horas desta terça-feira.

O clube abriu o check-ins inicialmente somente para os sócios. Já a comercialização nas bilheterias começará oficialmente apenas no dia 6 de abril. Os ingressos nas bilheterias ds Laranjeiras custarão entre R$ 48 e R$ 700. Os sócios dos planos superiores do Fluminense, por outro lado, só precisam fazer o check-in. Desde que, é claro, estejam com suas mensalidades rigorosamente em dia.

O primeiro jogo da decisão do Cariocão de 2023 acontecerá no próximo sábado, às 20h30, também no Estádio do Maracanã, mas com mando de campo do Flamengo. Será a quarta vez consecutiva que um Fla-Flu decidirá o estadual do Rio de Janeiro, com dois títulos do rubro negro e um do tricolor no ano passado.

O Fluminense é o rival carioca que mais tem dado trabalho ao Flamengo desde que o rubro negro iniciou sua era vitoriosa, em 2019, sob o comando do técnico português Jorge Jesus. Em 24 jogos entre as duas equipes desde então o tricolor venceu nada menos que dez. Para que se tenha uma ideia da diferença em relação aos outros grandes, o Vasco venceu apenas duas das 16 partidas contra o time da Gávea e o Botafogo uma em 11 confronto neste mesmo período.