Técnico campeão italiano, Antonio Conte deixa a Internazionale

0
24
Antonio Conte
Antonio Conte (foto: Divulgação / Inter de Milão)

Pouco tempo depois de comandar a Internazionale na vitoriosa campanha do título italiano da última temporada, quebrando uma série de quase uma década de conquistas da Juventus, o técnico Antonio Conte deixou o clube oficialmente na tarde desta quarta-feira.

Conhecido por seu forte temperamento, Conte discordou da postura dos dirigentes do clube de Milão, que pretendem negociar os principais atletas da equipe que conquistou o Calcio de 2020/2021, incluindo o ídolo belga Lukaku, Lautaro Martinez e Hakimi.

Conte queria brigar também pela conquista da próxima Uefa Champions League, mas o presidente do clube, o chinês Steven Zhang, pretende reduzir em 20% a folha salarial da equipe e arrecadar pelo menos 100 milhões de euros no mercado para fechar o ano no azul e controlar os gastos na agremiação de Milão.

A Internazionale tem 70% de suas ações controladas pela empresa Suning, que atravessa um período de crise tão acentuada que o time chinês, Jiangsu Suning, também sob o controle do grupo, teve de fechar as portas recentemente depois de ter se tornado campeão de seu país.

Muito irritado com os planos dos chineses para a Internazionale o vitorioso treinador da equipe de Milão procurou membros da diretoria e sua saída ficou acertada. Antonio Conte receberá algo em torno de sete milhões de euros pela quebra do contrato antes de seu prazo de conclusão.

A imprensa italiana aposta no nome de Simone Inzaghi, atualmente dirigindo a Lazio de Roma, como o mais provável substituto de Antonio Conte. Este último, um técnico já vitorioso no futebol italiano, não deverá permanecer muito tempo sem um clube para treinar. Existe, inclusive, a possibilidade de Conte comandar a Juventus, que ajudou a destronar após o time de Turim conquistar nove títulos consecutivos no Calcio da Bota.