Flamengo tenta reverter vantagem do Independiente Del Valle

0
193
Foto: Marcelo Cortes/CRF

Do confronto entre Flamengo e Independiente Del Valle nesta terça-feira à noite, no Estádio do Maracanã sairá o campeão da Recopa Sul-Americana de 2023. O jogo começará às 21h30 e o time equatoriano joga com a vantagem dos empates contra o o rubro negro da Gávea.

Na partida de ida, em Quito, na última semana, o Flamengo jogou muito mal, foi totalmente dominado, mas levou sorte e perdeu somente por 1 x 0, tornando mais simples a tarefa de reverter a vantagem dos equatorianos diante da torcida rubro negra nesta terça-feira no Maracanã. O técnico flamenguista, o português Vítor Pereira, precisa porém dar um choque de motivação a seus comandados, que estão tendo um péssimo desempenho no começo da temporada.

O Flamengo já perdeu a Recopa do Brasil para o Palmeiras em janeiro – derrota de 4 x 3 para o Verdão – e foi eliminado de maneira melancólica da final do Mundial Interclubes da Fifa realizado no Catar. O rubro negro teve de se contentar com o terceiro lugar no torneio internacional, sem realizar o sonho de fazer a decisão contra o Real Madrid, que acabou campeão da competição.

Agora, os mais de 57 mil rubro negros que certamente comparecerão ao Maracanã na noite desta terça feira esperam que o clube do coração lhes dê pelo menos uma alegria no primeiro trimestre da temporada. No último final de semana o time reserva do Flamengo deu o exemplo para os titulares ao vencerem a formação principal do Botafogo por 1 x 0 pelo Campeonato Carioca.

Caso os brasileiros devolvam o resultado conseguido pelo adversário no Equador a decisão da Recopa Sul-Americana irá para a prorrogação. Se houver empate nesta etapa o título será decidido na cobrança de penalidades máximas.

O jogo de volta da final da Recopa Sul-Americana entre Flamengo e Independiente Del Valle será transmitido ao vivo pelos canais ESPN e Star+ para todo o Brasil, direto do \maracanã, no Rio de Janeiro.

O trio de arbitragem será composto por Andres Matonte, Nicolas Tarán e Martin Soppi, todos da Federação Uruguaia. Andres Cunha, também uruguaio, será o responsável pelo VAR durante a partida.