Contra o Inter Atlético pode ter recorde de gols de estrangeiros em uma temporada

0
22
Eduardo Vargas (foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)
Eduardo Vargas (foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Se algum de seus “gringos” balançar as redes do Internacional neste sábado às 21 no Mineirão pela 23ª rodada da Série A do Brasileirão, o Atlético (MG) baterá o recorde de gols assinalados por estrangeiros em uma só temporada.

O artilheiro do Galo em 2021 ainda é o brasileiro Hulk, com 21 gols, mas os estrangeiros têm brilhado e somados já balançaram as redes adversárias em 33 oportunidades, mesmo total atingido em 2016, quando Lucas Pratto (19), Cazares (10), Otero (2) e Dátolo (2) assinalaram.

Na atual temporada o recordista de gols entre os gringos atleticanos é o chileno Eduardo Vargas, com nove tentos. Ele, porém, não estará em campo contra o Inter por estar contundido. Os meias Nacho Vidal e Zaracho, ambos argentinos, marcaram oito cada um.

O venezuelano Savarino marcou seis vezes, o colombiano Dylan e o paraguaio Junior Alonso fizeram um tento cada. O único estrangeiro que ainda não marcou defendendo o Galo em 2021 é o equatoriano Alan Franco, mesmo porque quase não tem sido utilizado pelo técnico Cuca.

O Atlético já marcou 89 vezes em 2021 e os gols dos gringos representam 37,07% de todos os tentos assinalados, no maior percentual já registrado na história do clube mineiro. A melhor marca tinha sido obtida em 2015, com 30,76% dos gols marcados por jogadores nascidos fora do Brasil.

No Brasileirão de 2021 o Galo marcou 32 gols e 14 deles surgiram de jogadores estrangeiros, o que corresponde a 43,75% do total assinalado na Série A deste ano, contra 37,07% de tentos marcados pelos gringos em 2020.

O Galo é o atual líder do Brasileirão, com 46 pontos, oito a mais que o vice Palmeiras e dez na frente do terceiro colocado, o Fortaleza. O Internacional está invicto há oito jogos e ocupa a sétima posição, com 32 pontos.